A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Matarazzo
Água Branca
Lapa-SPR/EFSJ
...

SPR-1935

Guia SP-1995
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2012
...
 
São Paulo Railway (1867-1946)
E. F. Santos-Jundiaí (1946-1975)
RFFSA (1975-1994)
CPTM (1994-2014)
AGUA BRANCA
Município de São Paulo, SP
Linha-tronco - km 84,320 (1935)   SP-0399
Altitude: 723 m   Inauguração: 16.02.1867
Uso atual: estação de trens metropolitanos   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1976?
 
 
HISTORICO DA LINHA: A São Paulo Railway - SPR ou popularmente "Ingleza" - foi a primeira estrada de ferro construída em solo paulista. Construída entre 1862 e 1867 por investidores ingleses, tinha inicialmente como um de seus maiores acionistas o Barão de Mauá. Ligando Jundiaí a Santos, transportou durante muito anos - até a década de 1930, quando a Sorocabana abriu a Mairinque-Santos - o café e outras mercadorias, além de passageiros de forma monopolística do interior para o porto, sendo um verdadeiro funil que atravessava a cidade de São Paulo de norte a sul. Em 1946, com o final da concessão governamental, passou a pertencer à União sob o nome de E. F. Santos-Jundiaí (EFSJ). O nome pegou e é usado até hoje, embora nos anos 70 tenha passado a pertencer à REFESA, e, em 1997, tenha sido entregue à concessionária MRS, que hoje a controla. O tráfego de passageiros de longa distância terminou em 1997, mas o transporte entre Jundiaí e Paranapiacaba continua até hoje com as TUES dos trens metropolitanos.
 
A ESTAÇÃO: A estação da Água Branca foi aberta em 1867 como uma das estações originais da SPR. O motivo de sua existência era por ser ali a confluência dos caminhos que levavam à Freguesia do

ACIMA: Estação de Água Branca, em 1918, com a plataforma principal, à esquerda, e a secundária, com cobertura, tendo sempre a seu lado a Vidraria Santa Marina (Foto do livro O Estado de São Paulo, Monte Doyecg & Cia, 1918 - acervo Paulo Castagnet). ABAIXO: Passagem de nível ao lado da estação de Água Branca, a última que ainda existe na zona central de São Paulo. Está na avenida Santa Marina, que aí tem movimento praticamente nulo pois ela não cruza a linha da Sorocabana, muito próxima. A estação está do lado oposto ao TUE que está seguindo para a Barra Funda (Foto Rodrigo Cabredo em 10/2009).

Ó, Pinheiros e Campinas. Mais tarde, a seu lado se colocou a Vidraria Santa Marina, que deu grande impulso ao movimento da

ACIMA: Na plataforma da Água Branca, 50 anos vos separam: anos 1960 - ainda com a cabina de controle e o TUE da Santos-Jundiaí (Foto Barry Blomstein) - e ABAIXO: em 2010 sem a cabine, já demolida, mas com o TUE da CPTM (Foto Carlos Almeida).

estação. Em 20/10/1976, foi ali inaugurada a passarela que une as duas plataformas. Aparentemente, o prédio atual da estação atual também foi inaugurada nessa data. Hoje, a estação está ao lado da avenida Santa Marina, mas longe dos viadutos que facilitam o cruzamento da linha. A vidraria continua ali. A estação serve aos trens metropolitanos da CPTM desde 1994.
 
Ao lado, desvio para as indústrias Matarazzo, abandonado (Foto Rodrigo Cabredo em novembro de 2009).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Carlos R. Almeida; Alexandre L. Giesbrecht; Barry Blomstein; Rodrigo Cabredo; Militão A. Azevedo; Fábio Barcellos; Paulo Castagnet; Carlos Campanhã; Paulo Mendes; Flávio Michelini; William Gimenez; O Estado de São Paulo, Monte Doyecg & Cia, 1918; Lapa-Evolução Histórica, 1988; SPR: Relação oficial de estações, 1935; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, supostamente em 1867. Foto atribuida a Militão A. Azevedo

Estação de Água Branca, a original, no final do século 19. Cessão Marcelo Tallamo

Ao lado da fábrica da Santa Marina (à direita, na foto), a pequena cabine da estação de Água Branca, nos anos 30. Foto da Coleção Fábio Barcellos, do livro Lapa-Evolução Histórica, 1988

A estação, autor e data desconhecidos

A ainda pequena estação de Água Branca, parcialmente coberta pelo trem a vapor, nos anos 1940. Acervo Carlos Campanhã

A estação em 1967. Acervo Paulo Mendes

A estação da Água Branca em 02/1980. Foto Flávio Michelini

Estação atual da Água Branca, anos 1990. Foto cedida por William Gimenez

Ainda ao lado da Santa Marina, à direita, a estação atual de Água Branca com a passarela ao centro, em 13/03/2001. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação vista da passagem de nível da avenida Santa Marina em 10/2009. Foto Rodrigo Cabredo
   
     
Atualização: 15.09.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.