A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY  
 
 

Durante todos os anos em que venho pesquisando material para este site, percebi que o abandono não ocorreu somente nas estações e pátios ferroviários, mas também com o material rodante, por todo o Brasil. Como as ferrovias são um bem público, o seu abandono é uma perda de dinheiro para o Governo, e consequentemente para o nosso próprio bolso. Enquanto isso, o Governo segue nos pedindo impostos e mais impostos para cobrir seus gastos, muitas vezes, como sabemos, discutíveis. O que se verá em seguida mostra alguns dos descalabros que podem ser vistos nos pátios ferroviários espalhados por São Paulo e pelo Brasil. A época das fotos está assinalada em cada uma, quando possível de se as estabelecer.

BEBEDOURO, SP - 2005/2011

FOTOS: João Alberto Alves de Toledo Júnior (2005)





Em 2005, essa (nas fotos) era a situação no pátio da estação de Bebedouro: vagões e carros abandonados. Em maio de 2011, seis anos depois, segundo informações de Miguel Saad, dos quase duzentos vagões estacionados sem uso que existiam anteriormente, somente restaram por volta de sessenta, visto que a concessionária já removeu da esplanada a maioria e tem efetuado a capina ao longo da gare. Na estação, hoje, está instalado o Museu Ferroviário Oswaldo Schiavon em homenagem a um ex-ferroviário da Cia.Paulista. Graças ao empenho da ABF local, dois vagões de carga foram pintados, incluindo um vagão prancha e um vagão rodeiro e um dos carros de passageiros foi transformado em sede daquela associação, com maquetes de ferromodelismo, além de um caboose ter seu madeiramento substituído.

Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.