A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Monsenhor Horta
Cornélio Alves
Vermelho Velho
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...

 
E. F. Leopoldina (1930-1975)
RFFSA (1975-1994)
CORNÉLIO ALVES
Município de Raul Soares, MG
Linha de Caratinga - km 545,007 (1960)   MG-1786
Altitude: 295 m   Inauguração: 14.12.1930
Uso atual: moradia   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1930?
 
 
HISTORICO DA LINHA: Este trecho da Leopoldina na verdade era uma junção de várias linhas isoladas originalmente, construídas em épocas diferentes. O trecho entre Entre Rios (Três Rios e Silveira Lobo foi aberto em 1903 e 1904; o seguinte, até a estação de Guarani, ficou pronto em 1883 e havia sido construído e operado pela Cia. União Mineira, até a entrega à Leopoldina, em 1884; o trecho entre esse ponto e Ligação ficou pronto em 1886, enduanto daí para a frente, até Ponte Nova, foi entregue entre os anos de 1879 e 1886. Entre 1912 e 1926, entregou-se a linha até Matipoó (Raul Soares) e finalmente, em 1931, a linha chegou a Caratinga, de onde não passou. Havia um trem de Barão de Mauá, no centro do Rio de Janeiro, para Caratinga, via Petrópolis, todos os dias, desde que a linha completa foi entregue, em 1931. Sem trens de passageiros desde os anos 1980 (em 1980 ainda existiam trtens mistos fazendo o serviço de passageiros entre Ubá e Caratinga, vindo de Recreio, na antiga linha-tronco da EFL), a linha foi erradicada em 1994 nos trechos Três Rios-Ligação e Ponte Nova-Caratinga; o trecho intermediário consta até hoje como tendo "tráfego suspenso".
 
A ESTAÇÃO: A estação de Cornélio Alves foi inaugurada em 1930.

Em 2007 estava mal conservada, servindo de moradia: "Talvez uma da estações em pior estado de conservação, sem trilhos, uma familia mora com 5 pessoas moram lá, as fotos foram tiradas na mesma data - 19/12/06 - e o mato toma conta deste belo prédio. As fotos (abaixo) foram tiradas de costas para Vermelho Velho, sentido Capitão Martins, na estrada de terra ainda existem pedras do lastro, acredito que utilizaram o traçado da ferrovia para construir a estradinha de terra" (Amadeu Miguel Gomes, 01/2007).

Em 2011, continuava em pé.
1931
AO LADO:
Anuncio da abertura da estação, um mês antes da data supostamente oficial de 14/12/1931 (O Estado de S. Paulo, 11/11/1931).

ACIMA: Pontilhão metálico próximo à estação de Cornelio Alves onde um dia passaram os trilhos da linha de Caratinga (Foto Pedro Leal Dutra em 25/6/2011).

ACIMA: Posição da parada de Cornelio Alves na linha na região de Vermelho Velho (www.siaapm.cultura.mg.gov.br - data desconhecida).


(Fontes: Pedro Leal Dutra; Amadeu Miguel Gomes; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-80)
     

A estação vista de vários ângulos, em 12/2006.

Fotos de Amadeu Miguel Gomes

A estação em 25/6/2011. Foto Pedro Leal Dutra
 
     
Atualização: 15.04.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.