E. F. do Engenho Vitória
(Município de São Carlos, SP)

 

As ferrovias industrais, ou particulares, do Brasil - aqui classificando-as como sendo ferrovias que não eram de uso público, sendo utilizadas apenas dentro de empresas, indústrias, usinas e outras - foram pouquíssimo estudadas e pesquisadas no Brasil. Uma ou outra têm mais informação: seu patrimônio se esvaiu há décadas, vendido como sucata em grande maioria, sem que sua memória tenha sido resgatada. Por isso, o que se vê é um estudo com dados mínimos e colhidos em fontes diversas, nem sempre confiáveis (Ralph M. Giesbrecht).

Nome: E. F. do Engenho Vitória

Bitola: métrica (1 m) e larga
(1)

Extensão:
x km

Data de início das atividades: anteriormente a 1917

Desativação: antes de 1949


(1) Almanach de So Carlos - 1916-1917


ACIMA: Localização do Engenho Vitória num mapa de hoje (Google Maps, 2010 - diagramação Alfeo Rhm).

O engenho Vitória, com algumas fotografias e anúncios pubçicados no Almanach de São Carlos em 1916-1917 e reproduzidas abaixo, tinha algumas linhas com ambas as bitolas (lembrando que nessa época havia duas linhas para São Carlos da Cia. Paulista, uma com cada bitola, fora os ramais de Ribeirão Bonito e de Água Vermelho, métricos), que aparentemente eram desvios particulares (desvio=pequeno ramal). Ele foi desativado antes de 1949, ano em que a área do engenho foi loteada e ruas construídas nas suas antigas terras, surgindo a Vila Prado. Era muito próximo à estação central de São Carlos, ficando entre as ruas Benjamin Constant, Ana Prado e General Osório.