E. F. (Tramway) Usina Santa Barbara
(Municípios de Santa Barbara do Oeste e Capivari, SP)

 

As ferrovias industrais, ou particulares, do Brasil - aqui classificando-as como sendo ferrovias que não eram de uso público, sendo utilizadas apenas dentro de empresas, indústrias, usinas e outras - foram pouquíssimo estudadas e pesquisadas no Brasil. Uma ou outra têm mais informação: seu patrimônio se esvaiu há décadas, vendido como sucata em grande maioria, sem que sua memória tenha sido resgatada. Por isso, o que se vê é um estudo com dados mínimos e colhidos em fontes diversas, nem sempre confiáveis (Ralph M. Giesbrecht).

Nome: E. F. da Usina Santa Barbara

Bitola: 1,00 m

Extensão:


Data de início das atividades: n/d

Desativação: n/d

Página Inicial Indice
A estaš

ABAIXO: Mapa dos anos 1950 mostra as linhas do Tramway da Usina Santa Barbara e também do ramal de Piracicaba, da Companhia Paulista, este em bitola larga (1,60 m). A ferrovia partia do ramal na estação ferroviária de Santa Barbara do Oeste e tinha uma série de bifurcações, entrando pelo município de Capivari, ao sul. Notar que ela atravessava a linha da Paulista ao norte, no mapa, próxima à foz do ribeirão dos Toledos no rio Piracicaba (Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, IBGE, volume XI, 29/5/1960, p. 77).