A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Curupá
Itaquerê
...

IGG-1964-cessão: Kelso
Medici
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. Araraquara (1932-1962)
ITAQUERÊ
Município de Nova Europa, SP
E. F. Itaquerê - km   SP-2073
    Inauguração: c.1932
Uso atual: em pé   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: c.1932
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Itaquerê era uma ferrovia particular da fazenda Itaquerê, que saía da estação de Curupá, no ramal de Tabatinga, da EFA. Foi aberta por volta de 1932. Estava sob administração da Estrada de Ferro Araraquara (EFA), mas nunca transportou passageiros, aparentemente apenas os empregados da fazenda. A linha esteve ativa até 30/04/1962, quando a EFA a desativou.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Itaquerê ficava dentro da fazenda do mesmo nome, e servia à ferrovia particular dessa fazenda. "Por escritura de 12 de janeiro, a Companhia concedeu permissão para a travessia do desvio da pedreira Itaquerê até a Fazenda do mesmo nome. Mediante o compromisso de só ser ele utilizado por esta Fazenda, a qual ficou ligada à Estrada de Ferro Araraquara" (Relatório da Companhia do Dourado referente a 1931). A ferrovia foi autorizada a funcionar em zona privilegiada da Cia. E. F. do Dourado, como se vê acima, e foi construída como um desvio para uma pedreira que já existia anteriormente. Pelo relatório citado, ela deve ter começado a funcionar logo depois, talvez em 1932. Não transportava passageiros, pelo menos em regime público. "Na E. F. Itaquerê, os trens dos canaviais eram de 8 pranchas ou fueiros com 10 tons cada. A moenda recebia apenas 5 tons por vez. Eram tracionadas pelas locomotivas M1, M2 e a M3, que era a menor, ficava na manobra de pátio. Os trens da EFA partiam da usina para a estação de Curupá com três vagões de 30 tons cada, com acúcar, álcool e melaço. A EFA tambem utilizava o ramal para se servir de uma pedreira no local, conforme relato do sr. Ozório, antigo funcionario da usina. Tudo na bitola de 1 metro. Segundo o sr. Joao Batista (in memorian) a EFA utilizava as locomotivas Borsig 4-8-0 no trecho todo" (Informações de Alberto del Bianco). No caminho de Curupá para a estação, havia o curioso cruzamento de três níveis: a E. F. Itaquerê, a E. F. Dourado (entre Nova Europa e Tabatinga) e a rodovia que ligava estas últimas duas cidades. Em 30/04/1962, a estação foi fechada pela E. F. Araraquara. Ela está de pé até hoje, mas seus trilhos já foram retirados há muito tempo.
(Fontes: Alberto del Bianco; Kelso Medici; Cia. E. F. Dourado: Relatório anual, 1931; E. F. Araraquara: relatórios oficiais, 1940-68)
     

Estação de Itaquerê, já desativada, anos 1980. Foto Alberto del Bianco

Estação de Itaquerê, já desativada, anos 1990. Foto Alberto del Bianco

Estação de Itaquerê, já desativada, anos 1990. Foto Alberto del Bianco

Estação de Itaquerê, em 2013. Foto Alberto del Bianco
   
     
Atualização: 28.02.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.