A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Vicente Carvalhaes
Itamogi
Tapir
...

ramal de Passos - 1950

Guia Levi - 1941
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1913-1971)
FEPASA (1971-c.1990)
ITAMOGI (antiga POSSES e ARARY)
Município de Itamogi, MG
Ramal de Passos - km 68,708 (1938)   MG-1701
Altitude: 996 m   Inauguração: 15.08.1913
Uso atual: museu histórico (2015)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1914
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Passos foi inaugurado em seu primeiro trecho de 15 quilômetros ligando Guaxupé a Guaranésia, em 1912. Foi sendo prolongado aos poucos, chegando a Passos, onde terminava, somente em 1921. Em fevereiro de 1977, o tráfego de passageiros foi eliminado, sobrando os cargueiros, que, com o tempo, passaram a atender somente ao carregamento de cimento da fábrica de Itaú de Minas, e vindo não por Guaxupé, mas por São Sebastião do Paraíso, ali chegando pela antiga linha da São Paulo-Minas. Com isso, o trecho entre Guaxupé e S. S. Paraíso foi abandonado, e teve os trilhos retirados por volta de 1990. O trecho entre Paraíso e Itaú de Minas ainda tem seus trilhos, mas as cargas de cimento deixaram de circular já há anos e o abandono da linha é total. O trecho final até Passos teve também os trilhos retirados.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Itamogi foi inaugurada em 1913 com o nome de Posses.

Foi ponta de linha durante cerca de um ano. Que linha? Na época, era o "Prolongamento da linha de Monte Bello a Santa Rita de Cássia". Explicando melhor: a linha, a concessão comprada da Sul Mineira, iria de Tuiuti - hoje Juréia, e que realmente ficava em Monte Belo, e ali se encontrava com a linha da Sul Mineira - até Santa Rita de Cássia, local que jamais chegou: parou antes, em São Sebastião do Paraíso.

Em 1924, o nome foi alterado para Arary.

Em 1944, por determinação do CNG, teve o nome novamente mudado para Itamogi.

O prédio da estação ficou por anos em mau estado, com vidros quebrados e toda pichada, servindo de moradia para um ex-funcionário da companhia e sua família, e também como depósito da prefeitura. "Do lado de fora ouvem-se os pombos que, servindo-se do aparente abandono, fizeram seus ninhos nos cômodos que servem como depósito" (Rossana Romualdo, 07/2001).

Em 2003, a Prefeitura entregou a estação reformada, transformada no Museu Histórico Municipal Júlia Venâncio Guimarães. "A única coisa estranha foi a colocação, ao lado da plataforma, do marco da Estrada Presidente Dutra (terra), de 1950, que liga Monte Santo a Itamogi (antiga MG 147, se não me engano). O marco se encontrava na divisa dos municípios e foi removido de lá há cerca de um ano e meio" (Julio Florez, 22/04/2003).

Em 2015 a antiga estação estava em excelente aspecto externamente.

ACIMA: Anuncio de abertura da estação de Posses em 1913 (O Estado de S. Paulo, 20/8/1913). ABAIXO: A estação de Arary, provavelmente anos 1930 (Acervo Lucas _).

(Fontes: Marcelo Mathias; Lucas _; Rossana Romualdo; Julio Florez; O Estado de S. Paulo, 1913; Cia. Mogiana: relatórios anuais, 1900-69; Cia. Mogiana: Relação oficial de estações, 1937; Guia Levi, 1941; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação em 1977. Foto cedida por Marcelo Mathias, Ribeirão Preto, SP

A estação de Itamogi, em 07/2001. Foto Rossana Romualdo

A estação de Itamogi, em 07/2001. Foto Rossana Romualdo

A estação após a reforma, em 2003. Foto Julio Florez

A estação após a reforma, em 2003. Foto Julio Florez

A estação em 2005. Foto Marcelo Mathias

A estação em 31/12/2010. Foto ONRB/Panoramio
   
     
Atualização: 04.12.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.