A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Urutágua
Penápolis
Bonito
...

Tronco NOB - 1935
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Noroeste do Brasil (1908-1975)
RFFSA (1975-1996)
PENÁPOLIS
(antiga SANTA CRUZ DO AVANHANDAVA)

Município de Penápolis, SP
Linha-tronco - km 219,568 (1949)   SP-2690
Altitude: 395 m   Inauguração: 02.12.1908
Uso atual: abandonada (2016)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: anos 1910
 
 
HISTORICO DA LINHA: A Estrada de Ferro Noroeste do Brasil foi aberta em 1906, seguindo a partir de Bauru, onde a Sorocabana havia chegado em 1905, até Presidente Alves, em setembro de 1906. Em janeiro de 1907 atingia Lauro Müller, em 1908 Araçatuba e em 1910 atingia as margens do rio Paraná, em Jupiá, de onde atravessaria o rio, de início com balsas, para chegar a Corumbá, na divisa com a Bolívia, anos depois. O trecho entre Araçatuba e Jupiá, que até 1937 costeava o rio Tietê em região infestada de malária, foi substituído nesse ano por uma variante que passou a ser parte do tronco principal, enquanto a linha velha se tornava o ramal de Lussanvira. Em 1957, a Noroeste passou a fazer parte da RFFSA. Transportou passageiros até cerca de 1995, quando esse transporte foi suprimido. Em 1996, a Refesa deu a concessão da linha para a Novoeste, que transporta cargas até hoje.
 
A ESTAÇÃO: A estação foi inaugurada em 1908 com o nome de Santa Cruz do Avanhandava. Em 1909, passou a se chamar Penápolis, em homenagem ao Presidente da República Afonso Pena, falecido em maio desse ano. Uma reportagem publicada no jornal Folha da Manhã, de São Paulo, em 15/6/1958, descreve uma estação onde "público, funcionários e mercadorias amontoam-se no interior da estação (...) Construída há mais de 40 anos, à época em que a cidade era ainda um incipiente povoado. Tumultuados os embarques e desembarques de passageiros e operações de carga e descarga . Será reivindicada remodelação total do edifício". Tal acabou sendo feito em 1960, mas a data ainda é uma incógnita. O fato é que a estação original ainda permanece em seu lugar, tendo sido ampliada - a plataforma e o prédio foram prolongados, mantendo-se na parte original o telhado de duas águas. Na foto acima, nos anos 1980, a estação, já "nova", está em bom estado com funcionários orgulhosos posando em frente a ela. Hoje, está em mau estado.
ACIMA: A estação de Penápolis no "tempo das carroças" (www.penapolis.sp.gov.br). ABAIXO: Funcionários da Noroeste posam em foto tendo como fundo a estação de Penapolis, nos anos 1980 (Autor desconhecido - acervo do Museu de Avaí, SP).











AO LADO: Reclamações contra o estado da estação antiga em 1959 (Folha da Manhã, 24/10/1959). ACIMA: O Presidente Affonso Penna, que nomeou a cidade (Foto de 1906).
ACIMA: Foto aérea da cidade de Penápolis em 1939. A linha da Noroeste chega de baixo, dobra à direita e chega ao pátio (no alto, à direita da foto). Daí corcoveia, afastando-se da cidade (www.penapolis.sp.gov.br).
Fontes: Fabio Vasconcelos; José H. Bellorio; Daniel Gentili; www.penapolis.sp.gov.br; O Estado de S. Paulo, 31/8/1909 e 28/6/1963; E. F. Noroeste: relatório anual, 1954; E. F. Noroeste: relação de estações, 1949; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação original de Penápolis, por volta de 1920. Autor desconhecido

Estação nova de Penápolis em 1979. Foto José H. Bellorio

Estação de Penápolis em 1979. Foto José H. Bellorio

A plataforma da estação em maio de 2001. Foto José H. Bellorio

A plataforma da estação em maio de 2001. Foto José H. Bellorio

A fachada da estação em maio de 2001. Foto José H. Bellorio

Estação de Penapolis em 03/2012. Foto Fabio Vasconcelos
   
     
     
Atualização: 02.04.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.