A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
RMV-Cruzeiro-Juréia
...
Rufino de Almeida
Perequê
Cel. Fulgêncio
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Minas-Rio (1884-c. 1920)
E. F. Sul de Minas (c. 1920-1931)
Rede Mineira de Viação (1931-1965)
V. F. Centro-Oeste (1965-1975)
RFFSA (1975-1998)
ABPF (1998-2001)
PEREQUÊ
Município de Cruzeiro, SP
Linha Cruzeiro-Juréia-km 15,409(1960)   SP-2688
Altitude: 811 m   Inauguração: 14.06.1884
Uso atual: em ruínas (2014)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Cruzeiro-Tuiuti (depois Juréia) era originalmente parte da E.F. Muzambinho, que iniciou as ativdades em 1887, entre Três Corações e Muzambinho, e parte da E. F. Minas e Rio, que operava o trecho Cruzeiro-Três Corações desde 1884, e que em 1908 incorporou a Muzambinho. Em 1910, esta foi uma das formadoras da Rede Sul-Mineira, que por sua vez formou a Rede Mineira de Viação, em 1931. Em 1965 esta formou a Viação Férrea Centro Oeste e foi finalmente transformada em divisão da Refesa em 1971. Na linha que unia a estação de Cruzeiro, no ramal de São Paulo da EFCB, a Juréia, terminal do ramal de Juréia, da Mogiana, o trecho final entre esta estação e Varginha já não tem mais seus trilhos. E o resto, com exceção de pequenos trechos operados pela ABPF, está tudo abandonado (2002). Os trens de passageiros foram suprimidos em 1966 entre Varginha e Juréia, em 1978 entre Varginha e Tres Corações e em 1991 de Cruzeiro a Tres Corações. De 1997 ao fim de 2001, operaram trens turísticos da ABPF a vapor entre Cruzeiro e Passa-Quatro. Também há tráfego operado pela ABPF entre Soledade de Minas e São Lourenço (2002).
 
A ESTAÇÃO: A estação de Perequê foi inaugurada juntamente com a linha até Três Corações em 1884. Era apenas uma curiosidade para quem andava no trem turístico de Cruzeiro, que rodou entre 1998 e 2001, pois nesse tempo já estava em ruínas. Em 2007, já
ACIMA: O trem da RMV para Caxambu passa pelo túnel no quilômetro 13 em 1963. Uma bela e rara fotografia (Foto Lenine Matheos Barros, em 7/11/1963).
havia sido demolida. Com o abandono da linha depois da suspensão do trem da ABPF em 2001, o mato tomou conta da linha e a degradação, infelizmente, também, o que fez com que a estação tenha sido demolida de vez - provavelmente por roubo de materiais, como sói acontecer nesses casos. Ainda havia restos das paredes em 2014.
(Fontes: Lenine M. Barros; Bruno Sanches, 2009; José Agenor; Carlos R. Almeida; Ronald Colombini, 2007; ABPF; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960)
     

A estação, ainda funcionando e bem conservada, em 1973. O trem parado em frente a ela era o da linha Cruzeiro-Varginha, ainda ativa na época. Foto José Agenor

A estação abandonada em 11/06/2000. Foto Carlos R. Almeida

A estação abandonada em 11/06/2000. Foto Carlos R. Almeida
     
     
Atualização: 28.02.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.