A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Índice de estações
...
Manitu
Bananeiras
...

Ramal de Bananeiras-1940
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...

 
Great Western do Brasil (1925-1950)
Rede Ferroviária do Nordeste (1950-1970)
BANANEIRAS
Município de Bananeiras, PB (Veja a cidade)
Ramal de Bananeiras - km 293 (1960)   PB-3192
Altitude: 522 m   Inauguração: 30.07.1925
Uso atual: hotel (2016)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1922
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Bananeiras teve seu primeiro trecho entregue em 1910 e chegou em Bananeiras somente em 1925. Foram 15 anos para entregar 35 quilômetros, Deveria avançar mais outros 35-40 km para atingir Picuhy, o que jamais aconteceu. Em 1966, o trem deixou de circular pelo ramal. Em 18/04/1970, o ramal foi oficialmente suprimido.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Bananeiras foi inaugurada em 1925 pela Great Western, como ponta de linha do ramal de Bananeiras. A estrada na época se chamava E. F. Independência ao Picuhy, e deveria ligar a estação de Independência (hoje Guarabira), saindo pela estação de Itamataí, na linha Norte da Great Western, à loclidade de Picuhy. Em 1922, o ramal chegava apenas à estação de Manitu e ainda não havia atingido Bananeiras, mas a estação já estava pronta (ver foto abaixo), no ponto mais alto da linha, embora os trilhos ainda não existissem. Eles chegaram em 1925 e a estação foi então aberta. Dali, entretanto, o ramal não passou, nunca chegou ao Picuhy. "Bananeiras foi o maior produtor de café da Paraíba e o segundo do Nordeste. Em 1852, o café de Bananeiras rivalizava em qualidade e aceitação com o de São Paulo. Aqui, produzia-se um milhão de sacas ao ano. O transporte era precário. Fazer o produto chegar aos principais centros consumidores se constituía em ato de heroismo. O trem só chegaria 72 anos depois. Os casarões que ainda existem no centro das áreas urbana e rural são resultado da opulência vivida pela aristocracia rural. O dinheiro do café permitia a construção de palacetes, com ladrilhos importados. O fausto do café acabou em 1923, com a praga Cerococus paraibensis que contaminou as plantações. A cana-de-açúcar, o fumo, o arroz e, posteriormente, o sisal, passaram a figurar como produtos estratégicos da economia regional. O trem chegou a Bananeiras em 22 de setembro de 1922, após a construção do túnel da Serra da Viração, no governo de Solon de Lucena, um ilustre filho da terra. Este homem dizia que 'o trem chegaria a Bananeiras nem que fosse por baixo da terra'. Profecia? Quase. A tecnologia anglo-brasileira teve de perfurar um túnel de 202 m, na pedra maciça, para que o trem atingisse Bananeiras, após passar pela vila de Camucá, a atual Borborema. A linha férrea foi desativada em 1967. A antiga estação de trens foi transformada no Hotel Pousada do Brejo. Não houve modificação arquitetônica externa" (www.bananeiras.pb.gov.br). Ou seja, o trem chegou exatamente quando o café foi dizimado. Em 18/04/1970, o ramal foi suprimido pela RFFSA.
ACIMA: Estação de Bananeiras no dia de sua inauguração em 1925 (www.ramalholeite.com.br). ABAIXO: Vista da cidade e da estação (ao centro) nos anos 1950 (Autor desconhecido).


ACIMA: A estação virou hotel e café em Bananeiras. Nesta cena noturna, ficou bonita (Foto do site www.bananeiras.pb.gov.br). ABAIXO: Visões da antiga vila ferroviária de Bananeiras, muitíssimo bem conservada em fevereiro de 2012: interior da ex-estação, armazém, lateral da estação e casas da vila ferroviária (Fotos Jonatas Rodrigues) (CLIQUE SOBRE A FOTO PARA VÊ-LA EM TAMANHO MAIOR).

(Fontes: Horácio Fonseca; Jonatas Rodrigues; www.ramalholeite.com.br; www.bananeiras. pb.gov.br; Illustração Brasileira, 1922; IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, 1958; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-84; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação de Bananeiras, em 1922, três anos antes da inauguração e ainda sem trilhos. Foto da revista Ilustração Brasileira

A estação nos anos 1950. Foto da Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, 1958

A estação, hoje hotel, em 2005. Foto do site www.bananeiras.pb.gov.br

A estação, hoje hotel, em 12/2005. Foto Horácio Fonseca

Antiga casa do agente da estação, em 12/2005. Foto Horácio Fonseca

Antiga estação de Bananeiras em 2006. Acervo Jonatas Rodrigues

Estação de Bananeiras em 6/2/2012. Foto Jonatas Rodrigues
   
     
Atualização: 18.02.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.