A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Estações de Minas Gerais
...
RMV-Cruzeiro-Juréia
...
São Lourenço
Parada Ramon
Soledade de Minas
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2003
...

 
 
Rede Sul-Mineira (1914-1931)
Rede Mineira de Viação (1931-1965)
V. F. Centro-Oeste (1965-1975)
RFFSA (1975-1996)
PARADA RAMON
Município de São Lourenço, MG
Linha Cruzeiro-Juréia - km 84,344   MG-2760
Altitude: 871 m   Inauguração: 23.09.1914
Uso atual: parada da ABPF (2015)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Cruzeiro-Tuiuti (depois Juréia) era originalmente parte da E.F. Muzambinho, que iniciou as atividades em 1887, entre Três Corações e Muzambinho, e parte da E. F. Minas e Rio, que operava o trecho Cruzeiro-Três Corações desde 1884, e que em 1908 incorporou a Muzambinho. Em 1910, esta foi uma das formadoras da Rede Sul-Mineira, que por sua vez formou a Rede Mineira de Viação, em 1931. Em 1964 esta formou a Viação Férrea Centro Oeste e foi finalmente transformada em divisão da RFFSA em 1971. Na linha que unia a estação de Cruzeiro, no ramal de São Paulo da EFCB, a Juréia, terminal do ramal de Juréia, da Mogiana, o trecho final entre esta estação e Varginha já não tem mais seus trilhos. Os trens de passageiros foram suprimidos em 1966 entre Varginha e Juréia e em 1983 entre Cruzeiro e Três Corações. De 1997 ao fim de 2001, operaram trens turísticos da ABPF a vapor entre Cruzeiro e Passa-Quatro e hoje esses trens trafegam entre o túnel (Estação Cel. Fulgencio) e Soledade de Minas. Cargueiros da FCA utilizaram a linha Três Corações-Varginha até cerca de 2010.
 
A ESTAÇÃO: A Parada Ramon curiosamente não constava no Guia Levi, o que leva a crer que fosse uma iniciativa particular em cuja plataforma o trem somente parava se houvesse necessidade do local.

Segundo Marco Giffoni, a parada pertencia Fazenda Ramon, que hoje um hotel-fazenda nos limites do município de São Lourenço. Ela era realmente uma parada excepcional e fica bem ao lado da antiga sede da fazenda. O antigo dono era uma pessoa influente na cidade e também foi o responsável pela construção do aeroporto que fica bem perto dali.

O prédio da parada existia ainda em 2015 e estava no curto percurso do trem turístico da ABPF que corre entre São Lourenço e Soledade de Minas, O trem não parava nela em 2003, quando lá estive.


ACIMA: O trenzinho da ABPF se aproxima da Parada Ramon, com a plataforma cheia de gente em junho de 2010 (Foto Adriano Martins).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Carlos Roberto de Almeida; Marco Giffoni; Adriano Martins; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960)
     

A parada Ramon, em 2000. Foto de Carlos Roberto de Almeida

A parada Ramon, em 2000. Foto de Carlos Roberto de Almeida

A parada Ramon, em 16/5/2015. Foto de Fernando Marietan
     
     
Atualização: 25.05.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.