A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Estações de Minas Gerais
...
RMV-Cruzeiro-Juréia
...
Gonçalinho
São Tomé
Cota
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Minas e Rio (1884-1910)
Rede Sul-Mineira (1910-1931)
Rede Mineira de Viação (1931-1965)
V. F. Centro-Oeste (1965-1975)
RFFSA (1975-1996)
SÃO TOMÉ
Município de Três Corações, MG
Linha Cruzeiro-Juréia - km 139,211 (1960)   MG-1326
Altitude: 842 m   Inauguração: 14.06.1884
Uso atual: moradia (2015)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Cruzeiro-Tuiuti (depois Juréia) era originalmente parte da E.F. Muzambinho, que iniciou as atividades em 1887, entre Três Corações e Muzambinho, e parte da E. F. Minas e Rio, que operava o trecho Cruzeiro-Três Corações desde 1884, e que em 1908 incorporou a Muzambinho. Em 1910, esta foi uma das formadoras da Rede Sul-Mineira, que por sua vez formou a Rede Mineira de Viação, em 1931. Em 1965 esta formou a Viação Férrea Centro Oeste e foi finalmente transformada em divisão da Refesa em 1971. Na linha que unia a estação de Cruzeiro, no ramal de São Paulo da EFCB, a Juréia, terminal do ramal de Juréia, da Mogiana, o trecho final entre esta estação e Varginha já não tem mais seus trilhos. Os trens de passageiros foram suprimidos em 1966 entre Varginha e Juréia e em 1983 entre Cruzeiro e Três Corações. De 1997 ao fim de 2001, operaram trens turísticos da ABPF a vapor entre Cruzeiro e Passa-Quatro e hoje esses trens trafegam entre o túnel (Estação Cel. Fulgencio) e Soledade de Minas. Cargueiros da FCA utilizaram a linha Três Corações-Varginha até cerca de 2010.
 
A ESTAÇÃO: A estação de São Tomé foi aberta em 1884; era uma das originais da linha primitiva.

"Os trilhos ainda estão por lá, se bem que por longos trechos não se os vê por estarem enterrados ou cobertos de mato. Por lá também os moradores falam que há planos para reativação do trecho, ou então que houve visita recente do pessoal da ferrovia verificando a condição da linha. Pode até ser, mas a linha está num estado de penúria" (Douglas Razaboni, 07/2004).

A estação teria o nome por causa de São Tomé das Letras, cidade mística, mas que fica a 50 km dali. Além do mais, a estação fica no município de Três Corações.


ACIMA: A estação de São Tomé em 1907... o agente da estação, Francisco Feital, posa com a família e com "passeiantes"... (O Malho, 27/7/1907).

(Fontes: Douglas Razaboni; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960)
     

A antiga estação em 05/2005. Foto Douglas Razaboni

A antiga estação em 05/2005. Foto Douglas Razaboni

A antiga estação em 05/2005. Foto Douglas Razaboni

A estação em 2017. Foto Ricardo Resende Coimbra
     
Atualização: 18.11.2019
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.