Estações Ferroviárias do Estado do Rio Grande do Sul

Neste Estado, a partir de 1905, as ferrovias foram unficadas sob o nome de VFRGS - Viação Férrea do Rio Grande do Sul. Na época algumas linhas já pertenciam à Cie. Auxiliaire, outras ao Governo; A VFRGS foi entregue à administração desta última, que, por sua vez, passou a fazer parte da Brazil Railways em 1911. Em 1920, a VFRGS passou a ser uma empresa estatal. Em 1957, foi encampada pela RFFSA - Rede Ferroviária Federal, que, em 1969, a transformou em uma de suas Divisões. Hoje, toda a malha ferroviária do Estado (com exceção da Trensurb) está, desde 1996, nas maõs da concessionária ALL - América Latina Logística. Nas páginas das estações, os nomes que aparecem são, ou o concessionário da empresa, ou a própria empresa, quando assumida pelo Estado ou União. É apenas um critério.

Linha Porto Alegre-Caxias (1874-1978)
Linha de Taquara e Canela (1903-1963)
Linha Barreto-Montenegro (1910-1950)
Ramal de Bento Gonçalves (1918-2004)
E. F. do Riacho

HISTÓRICO DAS LINHAS:

LINHA PORTO ALEGRE- CAXIAS: A linha Porto Alegre-Caxias foi aberta no trecho entre a Capital e São Leopoldo em 1874, como a primeira ferrovia do Estado. Em 1876 foi prolongada até a estação de Novo Hamburgo. Em 1905, a Cie. Auxiliaire assumiu a linha. Apenas em 1909 a linha teve continuação, partindo de Rio dos Sinos, 7 km antes de Novo Hamburgo e chegando até Carlos Barbosa, e, no ano seguinte, até Caxias (Caxias do Sul). Em 1920 a linha foi assumida pela VFRGS. Foi desativada nos anos 1980; o trecho até São Leopoldo foi retificado e serve hoje ao sistema Trensurb da Grande Porto Alegre (trens metropolitanos); para a frente, existem trilhos ainda em alguns pedaços, mas oficialmente a ferrovia a partir de Montenegro foi extinta em 1994 pela RFFSA.

LINHA BARRETO-MONTENEGRO: A linha Barreto-Montenegro foi aberta como parte da linha Porto Alegre-Uruguaiana, em 1910 e 1911, ligando essas duas estações e a de Barreto a Ligação (General Câmara) e Santo Amaro (Amarópolis), de forma a que a ferrovia finalmente pudesse lgiar por via férrea Porto Alegre a Uruguaiana, como seu nome dizia já havia mais de trinta anos. Com as mudanças na linha férrea em 1938, o trecho Barreto-Montenegro acabou ficando fora dessa ligação (embora o trecho Barreto-Santo Amaro tenha sido incorporado) sobrevivendo ainda por pouco mais de dez anos com trens de passageiros, que em 1951 já não existiam mais. Em 1956, ainda havia mapas que mostravam a linha como existente. Mais tarde, os trilhos foram retirados.

RAMAL DE BENTO GONÇALVES: O ramal foi construído a partir da estação de Carlos Barbosa, na linha Porto Alegre-Caxias, pelo Governo do Estado em 1918, até Garibaldi, e até 1919, até Bento Gonçalves. Nos anos 1970, o ramal foi estendido até a estação de Jaboticaba, construída no Tronco Principal Sul (Lages-Vacaria-Roca Sales). Os trens de passageiros operaram até cerca de 1976 no trecho original, e alguns anos mais tarde uma empresa de turismo passou a fazer o trecho entre Carlos Barbosa e Bento Gonçalves com locomotivas a vapor.

Ildefonso Pinto >> >> E. F. do Riacho: Ildefonso Pinto  
Riacho
Tristeza
Pedra Redonda
Porto Alegre-original (1874-1910) Porto Alegre-velha (1910-70) Porto Alegre-nova
(1970-83)
   
Navegantes
Diretor A. Pestana Saída para a variante Diretor Pestana-Barreto (Linha Porto Alegre-Uruguaiana a partir de 1937)  
Standard    
Canoas    
Esteio    
Sapucaia    
São Leopoldo    
Rio dos Sinos Saída para a linha de Canela>> Rio dos Sinos
Eng. Manoel B. Viana   Kroeff
Portão   Provenzano
Azevedo   Novo Hamburgo
Pareci   Hamburgo Velho
Montenegro Saída para a linha Barreto-Montenegro (1909-c.1955) Canudos
Saída para a ligação com Montenegro-nova (c.1960-c.1978)
Montenegro-nova Fortaleza
Gil
Barreto (na linha PA-Uruguaiana)
Maquinista Cardoso (1965)   Campo Bom
Santos Reis
Vitória   Quatro Colônias
Maratá Sapiranga
Esperança   Amaral Ribeiro
Linha Bonita   Ararica
São Salvador   Campo Vicente
Barão Parobé
Carlos Barbosa Ramal de Bento Gonçalves   Taquara
Garibaldi
Tamandaré
Bento Gonçalves
São Valentim
Veríssimo de Matos
Quilômetro 2
São Luiz
Jaboticaba (anos 1970 - entroncamento com a linha Lajes-Roca Sales)
Machado   Igrejinha
Blauth Três Coroas
Caruará   Sander
Farroupilha   Agente Hallan
Forqueta   Maquinista Maura
Desvio Rizzo   Varzea Grande
Caxias do Sul   Gramado
    Canela
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.