A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Estação Central
Ipiranga
...

Linha Centro - 1950
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: 1996
...
 
E. F. Central de Pernambuco (1885-1904)
Great Western (1904-1950)
Rede Ferroviária do Nordeste (1950-1975)
RFFSA (1975-1982)
METROREC (1982-2013)
ESTAÇÃO CENTRAL DO RECIFE
Município de Recife, PE
Linha Centro - km 0 (1960)   PE-3113
    Inauguração: 25.03.1885
Uso atual: estação e museu   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1885
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Sul, ou Recife-Maceió, é uma junção de três ferrovias: a E. F. Recife ao São Francisco, aberta entre 1858 e 1862 (foi a segunda ferrovia a ser aberta no Brasil), a E. F. Sul de Pernambuco, entre 1882 e 1894 e a E. F. Central de Alagoas, aberta em trechos entre 1871 e 1884, arrendada em 1880 à The Alagoas Railway Co. A primeira ligou Recife a Una (hoje Palmares), a segunda Una a Imperatriz (hoje União dos Palmares) e a terceira, Imperatriz a Maceió. Em 1901, a Great Western do Brasil Railway Co., empresa inglesa, ganhou a concessão das duas primeiras e, em 1903, a da última, unindo as linhas e diminuindo a bitola da primeira, em 1905, de 1.60 m para métrica. Em 1950, o Governo da União encampou a Great Western, transformando-a na Rede Ferroviária do Nordeste (RFN), que passou a ser um das subsidiárias da RFFSA em 1957 e que foi finalmente incorporada em uma de suas superintendências regionais em 1975. Finalmente, em 1997, foi cedida em concessão para a CFN - Cia. Ferroviária do Nordeste. Os trens de passageiros seguiram até os anos 1980. Somente sobram hoje os trens de subúrbio de Maceió e de Recife, que percorrem as duas pontas da linha.
 
A ESTAÇÃO: A Estação Central do Recife foi inaugurada em 1885 pela Great Western, que, na época, construiu e tornou-se a dona da E. F. Central de Pernambuco, que na época seguia para Jaboatão e depois foi sendo prolongada sucessivamente no sentido oeste do Estado. Com o tempo, tornou-se literalmente uma estação central, com a progressiva desativação das estações de Cinco Pontas (da Recife e São Francisco Ry.) e da estação do Brum, ambas colocadas, na época, próximas aos fortes que
ACIMA: Mapa do município de Recife nos anos 1950. A linha Recife-Maceió da RFN (linha Sul) parte para o sul. A linha para Natal, para nordeste no sentido de São Lourenço da Mata. A linha Centro (ex-Central de Pernambuco) parte para oeste, para Jaboatão. A Estação Central está no início desta linha. A ligação Sul liga Tijipió a Boa Viagem, ou melhor, a linha Centro à Sul. (Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, IBGE, volume IV, 1958). ABAIXO: Nos anos 1950, o rio Capiberibe cruza a cidade e a estação pode ser vista logo à saída direita da ponte em primeiro plano (Foto Tibor Jablonski).
possuíam o mesmo nome. Em 1982, a estação foi desativada, para o início das obras do metrô de Recife (Metrorec), que, inicialmente, usariam o leito da linha Centro, que era como se chamava então a antiga linha da E. F. Central de Pernambuco. A saída dos trens de passageiros para o interior e dos trens de subúrbio do Recife, que ainda existiam, passou para a nova estação de Cinco Pontas,

ACIMA: Pátio da Estação Central nos anos 1970 lotado de carros de passageiros da RFFSA (Foto Guilherme Valadares). ABAIXO: Mais trens de passageiro na plataforma da estação em 1977 (Autor desconhecido).
construída dentro de um galpão antigo que existia próximo à já (há muito tempo) demolida estação de Cinco Pontas, tomando o seu nome. A estação foi então transformada definitivamente em museu - já o era, desde 1971, mas ainda funcionava como estação - e, depois de reforma, passou a ser uma das portas de entrada para a estação Recife do Metrorec, aberta quando o metrô começou a operar, em março de 1985. Ou seja, para se atingir o metrô, pode-se entrar pela estação Central e seguir por um túnel apelidado de "Túnel do Tempo" até se chegar ao metrô. Portanto, a Central não deixa de ainda ser uma estação, no sentido lato da palavra.
(Fontes: Rodrigo Cabredo; Alcindo de Souza; Guilherme Valadares; Tibor Jablonski; Alexandre Linhares Giesbrecht; Thomas Baccaro; Eduardo Cortes: Da Great Western ao Metrô do Recife, 2005; IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, volume IV, 1958; Revista REFESA; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-82; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, sem data. Foto Alcindo de Souza

A estação em 1970. Foto da revista REFESA

A estação nos anos 1980. Foto de cartão telefônico

A estação Central, em primeiro plano, depois o tunel do tempo e ao fundo a estação Recife do Metrorec. Foto dos anos 1990. Foto Thomas Baccaro, do livro Da Great Western ao Metrô do Recife, de Eduardo Cortes, 2005

Estação do Recife em 2002. Foto Rodrigo Cabredo

A estação em 1/2012. Foto Alexandre Linhares Giesbrecht
     
Atualização: 16.02.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.