A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Georgia
Morro Agudo
...

ramal de Pontal - 1950
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 1999
...
 
E. F. Morro Agudo (1929-1952)
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1952-1966)
MORRO AGUDO
Município de Morro Agudo, SP
Ramal de Pontal - km 55,400 (1958)   SP-2411
Altitude: 540 m   Inauguração: 15.08.1929
Uso atual: Prefeitura Municipal   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Pontal, da Cia. Paulista, se originou do ramal do Mogi-Guaçu, aberto em 1903 ligando Rincão a Pontal. A partir de 1914, Pontal foi ligada ao ramal de Sertãozinho, da Mogiana, pelo acordo entre as duas companhias. Em 1930, com a consolidação do tronco de bitola larga da Paulista passando pelo trecho entre Guatapará e Passagem, o agora ramal de Pontal ficou sendo apenas a parte entre esta última e Pontal. Já havia um ano, entretanto, Pontal estava ligada a outra ferrovia, a E. F. Morro Agudo, que partia dali e atingia Morro Agudo, com 41 km de linha. Com a compra desta ferrovia pela Paulista, em 1952, depois de anos de administração da linha, a ferrovia foi incorporada e passou a fazer parte do ramal de Pontal. Em 16/09/1966, o trecho da antiga EFMA foi fechado e os trilhos retirados. Em 1970, o trecho Passagem-Pontal foi unido à Mogiana administrativamente, passando a constituir um ramal único, sem necessidade de baldeações. Em 1971, passou para a Fepasa, e poucos anos depois, o tráfego de passageiros foi suprimido. O ramal está abandonado há anos, sem movimento de cargas, e em 1998 passou a ser propriedade da concessão da Ferroban.
 
A ESTAÇÃO: A estação terminal de Morro Agudo foi aberta pela E.F. Morro Agudo, em 1929. Em 1952, foi comprada pela Paulista e passou a fazer parte do ramal de Pontal. Foi fechada em 19 de junho de 1966, juntamente com o trecho entre Pontal e Morro

ACIMA (à esquerda): a plataforma da estação, provavelmente nos anos 1930, numa cena que somente pôde ser vista por curtos 37 anos: a despedida de um trem na estação. (à direita) Cena tomada provavelmente já no "fim dos tempos", próxima à desativação em 1966, com a estação ao fundo; à direita na foto, o início do triângulo de reversão. ABAIXO: Trem cargueiro parado em frente à estação. Ou seria um trem misto? A mesma foto pode também ser vista mais abaixo (Fotos de autor desconhecido; acervo Angelo Stabile).
Agudo. Em 1999 servia como sede da Prefeitura Municipal de Morro Agudo. "Morei em Morro Agudo de 1961 a 1967. O ramal foi extinto em 1966. Um trem partia de manhã de Morro Agudo para Pontal e outro chegava de Pontal em Morro Agudo no final da tarde. Meu avô, já aposentado da Mogiana, quando nos visitava, ia quase

ACIMA: Mapa publicado na imprensa no dia da inauguração da ferrovia (O Estado de S. Paulo, 15/8/1929).
diariamente à estação no horário do trem da manhã. Hábito (ou paixão) de velho ferroviário. Hoje lamento não tê-lo acompanhado mais vezes. Naquela época, mesmo com uma estrada não pavimentada de 17 km, ligando Morro Agudo a Orlândia e ao asfalto da Anhanguera, o rodoviarismo já estava reinando. O movimento de cargas e passageiros era mínimo e deu na extinção do ramal
" (Dirceu Baldo, 05/2003).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht: pesquisa local; Dirceu Baldo; Angelo Stabile; O Estado de S. Paulo, 1929; Arquivo Histórico de Ribeirão Preto; Cia. Paulista: relatórios anuais, 1925-69; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação no ano de sua inauguração. Arquivo Histórico de Ribeirão Preto

À esquerda, a estação de Morro Agudo, com um trem cargueiro junto à plataforma, provavelmente anos 1950. Autor desconhecido; acervo Angelo Stabile

Antiga estação de Morro Agudo, já como sede da Prefeitura, em 29/12/1999. Foto Ralph M. Giesbrecht

À esquerda, a estação de Morro Agudo, já desativada, provavelmente anos 1980. Autor desconhecido; acervo Angelo Stabile
   
     
Atualização: 12.10.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.