A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Ribeirão
Gameleira
Cuiambuca
...

Linha Sul (1940)
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
 
E. F. Recife ao São Francisco (1862-1901)
Great Western (1901-1950)
Rede Ferroviária do Nordeste (1950-1975)
RFFSA (1975-1996)
GAMELEIRA
Município de Gameleira, PE
Linha Sul - km 96 (1960)   PE-3377
  Inauguração: 13.05.1862
Uso atual: moradia   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Sul, ou Recife-Maceió, é uma junção de três ferrovias: a E. F. Recife ao São Francisco, aberta entre 1858 e 1862 (foi a segunda ferrovia a ser aberta no Brasil), a E. F. Sul de Pernambuco, entre 1882 e 1894 e a E. F. Central de Alagoas, aberta em trechos entre 1871 e 1884, arrendada em 1880 à The Alagoas Railway Co. A primeira ligou Recife a Una (hoje Palmares), a segunda Una a Imperatriz (hoje União dos Palmares) e a terceira, Imperatriz a Maceió. Em 1901, a Great Western do Brasil Railway Co., empresa inglesa, ganhou a concessão das duas primeiras e, em 1903, a da última, unindo as linhas e diminuindo a bitola da primeira, em 1905, de 1.60 m para métrica. Em 1950, o Governo da União encampou a Great Western, transformando-a na Rede Ferroviária do Nordeste (RFN), que passou a ser um das subsidiárias da RFFSA em 1957 e que foi finalmente incorporada em uma de suas superintendências regionais em 1975. Finalmente, em 1997, foi cedida em concessão para a CFN - Cia. Ferroviária do Nordeste. Os trens de passageiros seguiram até os anos 1980. Somente sobram hoje os trens de subúrbio de Maceió e de Recife, que percorrem as duas pontas da linha.
 
A ESTAÇÃO: "Está designado o lugar denominado Gameleira para a estação terminal da 3a secção, localidade que, por achar-se no cruzamento de várias estradas do interior, deverá ser vantajosa ao futuro tráfego da via férrea" (Relatório apresentado à assembléia Legislativa Provincial de Pernambuco em 1o de abril de 1861). A cidade de Gameleira surgiu em decorrência da construção da E. F. Recife ao São Francisco quando, em 1860, foi montada ali uma estação, que servia como o final da 3a. secção da obra. (Nota do autor deste site: a data de inauguração da estação da Gameleira é considerada como sendo 1862 e não 1860, ano este que provavelmente foi o da instalação do canteiro de obras da estação e do trecho). Junto à estação foi construído um grande armazém para depósito de açúcar. A cidade, na época, vivia em torno do Engenho da Gameleira e que, anteriormente à chegada da via férrea, enviava por meios de transporte precários a sua produção para o porto da cidade do Rio Formoso, à qual pertencia Gameleira. A partir de então, o local tornou-se movimentado e logo surgiu uma feira-livre. Os senhores de engenho de municípios vizinhos passaram a usar aquela estação para remeter açúcar para o Recife e, aos poucos, foram construindo galpões para armazenar o produto. A 11 de julho de 1867 foi criado o distrito que integrava

ACIMA: A linha do trecho Recife-Maceió, passando pela sede do município. A nordeste, a linha do ramal de Barreiros. (Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, volume IV, 1958)
o território do município de Sirinhaém. A vila foi criada a 07 de junho de 1872 e instalada a 13 de dezembro do ano seguinte. Gameleira tornou-se município autônomo a 3 de agosto de 1892. O nome Gameleira vem de um engenho homônimo que existia na região (www.pe-az.com.br). "A estação de Gameleira hoje é uma moradia, casaS foram construídas lado a lado com a antiga estação, que sofreu desfiguração, tendo sido fechadas as suas portas que davam acesso à plataforma de embarque. Esta, por sua vez, virou calçada para as casas que invadiram sua servidão. Também desfigurado está seu armazém de açúcar mas ainda preserva sua pesada porta original" (Sydney Correa, 07/2009).
(Fontes: Sydney Correa, 2009; www.pe-az.com.br; Guias Levi, 1932-1982; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros,volumes IV e XVIII, 1958; Mapas - acervo R. M. Giesbrecht)
     

No final da avenida, à esquerda, a estação da Gameleira, nos anos 1950. Foto Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, IBGE, volume IV, 1958

Outra foto da estação, vista atrás dos prédios da cidade de outro ângulo, à direita da foto, também nos anos 1950. Foto Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, IBGE, volume IV, 1958

A antiga estação em julho de 2009, totalmente desfigurada. Foto Sydney Correa
   
     
Atualização: 06.07.2009
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.