A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Cuiambuca
Joaquim Nabuco
Pumati
...

Linha Sul (1940)
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Recife ao São Francisco (1862-1901)
Great Western (1901-1950)
Rede Ferroviária do Nordeste (1950-1975)
RFFSA (1975-1996)
JOAQUIM NABUCO
Município de Joaquim Nabuco, PE
Linha Sul - km 118 (1960)   PE-3276
    Inauguração: 07.06.1862
Uso atual: espaço de eventos (2011)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Sul, ou Recife-Maceió, é uma junção de três ferrovias: a E. F. Recife ao São Francisco, aberta entre 1858 e 1862 (foi a segunda ferrovia a ser aberta no Brasil), a E. F. Sul de Pernambuco, entre 1882 e 1894 e a E. F. Central de Alagoas, aberta em trechos entre 1871 e 1884, arrendada em 1880 à The Alagoas Railway Co. A primeira ligou Recife a Una (hoje Palmares), a segunda Una a Imperatriz (hoje União dos Palmares) e a terceira, Imperatriz a Maceió. Em 1901, a Great Western do Brasil Railway Co., empresa inglesa, ganhou a concessão das duas primeiras e, em 1903, a da última, unindo as linhas e diminuindo a bitola da primeira, em 1905, de 1.60 m para métrica. Em 1950, o Governo da União encampou a Great Western, transformando-a na Rede Ferroviária do Nordeste (RFN), que passou a ser um das subsidiárias da RFFSA em 1957 e que foi finalmente incorporada em uma de suas superintendências regionais em 1975. Finalmente, em 1997, foi cedida em concessão para a CFN - Cia. Ferroviária do Nordeste. Os trens de passageiros seguiram até os anos 1980. Somente sobram hoje os trens de subúrbio de Maceió e de Recife, que percorrem as duas pontas da linha.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Água Preta foi inaugurada em 1862. Com o desenvolvimento da região da estação, afastada do centro da vila, a estação e a cidade tiveram o nome alterado para Joaquim Nabuco, que tornou-se município autônomo, separando-se de Água

ACIMA: Cidade e estação, foto sem data (http://papirohistory.blogspot.com.br).
Preta
, tal como aconteceu com Palmares. O engenho Pumaty fez a doação de terrenos para a estação o leito da linha férrea. O prédio ainda existe e é tombado pelo município, que o usa como espaço para eventos e o conserva bastante bem.
(Fontes: André Cardoso; http://papirohistory.blogspot.com.br; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação em 2011. http://papirohistory.
blogspot.com.br

A estação em 2011. http://papirohistory.
blogspot.com.br

A estação em 8-2013. Foto André Cardoso
   
     
Atualização: 11.08.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.