A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Carmo do Cajuru
Amoras
Parada sem nome
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
 
E. F. Oeste de Minas (1913-1931)
Rede Mineira de Viação (1931-1965)
V. F. Centro-Oeste (1965-1975)
RFFSA (1975-1996)
AMORAS (PINTO DA SILVA)
Município de Carmo do Cajuru, MG
Linha Belo Horizonte-Garças - km 770,340 (1960)   MG-3919
  Inauguração: 01.08.1913
Uso atual: em ruínas   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Belo Horizonte-Garças de Minas foi aberta entre 1911 e 1916 pela E. F. Oeste de Minas, ligando a capital a Garças, na época parte da E. F. Goiaz e situada na zona de mineração mineira, próxima a Goiás. Somente em 1920 foi construída a estação prórpia da EFOM na capital. A linha funciona até hoje para cargueiros, tendo sido na década de 1970 o seu início na capital fundido com a Linha do Paraopeba, da Central do Brasil. O seu trecho na região metropolitana de Belo Horizonte recebeu trens de subúrbio por muitos anos, e a partir dos anos 1990 passou a ter a linha do metrô acompanhando de perto a sua linha, que ficou somente para movimento dos trens cargueiros.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Amoras foi inaugurada em 1913 pela EFOM. Na relação de ferrovias e estações do IBGE, de 1956, a estação é chamada de Jacarandá. Em 1960, no Guia Geral, era chamada de Pinto da Silva, mas na foto de 1990 (abaixo) o dístico mostra Amoras e um prédio que deve ter sido construído nos anos 1960 ou 1970. Em 2008, foi encontrada em ruínas.
(Fontes: Hugo Caramuru; Gutierrez L. Coelho, 2008; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guia do IBGE, 1956)
     

A estação de Amoras em junho de 1990. Foto Hugo Caramuru

A estação, em ruínas, em 2008. Foto Gutierrez L. Coelho
 
     
Atualização: 08.03.2009
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.