A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Leandro Ferreira
Trigueiro
Álvaro da Silveira
...
 
 
E. F. Paracatu (1921-1931)
Rede Mineira de Viação (1931-1965)
V. F. Centro-Oeste (1965-1975)
RFFSA (1975-1994)
TRIGUEIRO
Município de
Ramal de Paracatu - km 939,496 (1960)   MG-2475
  Inauguração: 31.10.1921
Uso atual: cocho para gado   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Paracatu partia originalmente da estação de Velho da Taipa, na bitola estreita (0,76 cm) da EFOM. Em 1927 chegou a Melo Viana e no sentido oposto já atingia Água Suja e Pará de Minas, juntando-se com a linha da EFOM de bitola métrica que ligava Belo Horizonte a Garças, na hoje estação de Azurita. Em 1931, a estrada foi incorporada à EFOM para formar a RMV - Rede Mineira de Viação e passou a se chamar ramal de Paracatu. Atingiu em 1937 Barra do Funchal, mas jamais chegou à cidade que lhe deu o nome, Paracatu. Em 1968, foi erradicado o trecho Bom Despacho-Barra do Funchal, e, em 1994, o restante do ramal.
 
A ESTAÇÃO: A parada Trigueiro - inaugurada em 1921 - depois de arrancada a linha nos anos 1970, foi convertida em cocho para alimentar gado. Ao lado há uma caixa d'água toda em concreto e inteira (o fazendeiro não a usa) (Gutierrez L. Coelho, 11/2003).
     

A antiga parada Trigueiro, hoje cocho para gado, em 2003. Foto Gutierres Lhamas Coelho
   
     
Atualização: 13.01.2008
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.