A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG

...
Salles da Cruz
Acaraú
Gaspar Ricardo
...

Mairinque-Santos - 1937
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...

 
C. E. F. Sorocabana (1938-1971)
FEPASA (1971-1998)
ACARAÚ
Município de São Vicente, SP
Mairinque-Santos - km 96,79 (1986)   SP-0173
Altitude: 210 m   Inauguração: 01.03.1938
Uso atual: fechada (2007)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: c. 1937
 
 
HISTORICO DA LINHA: Projetada desde 1889, a Mairinque-Santos, linha que quebraria o monopólio da SPR para ligar o interior ao litoral foi iniciada em 1929 e terminada em 1937, com a ligação das duas frentes, uma vindo de Santos e outra de Mairinque. É uma das obras ferroviárias mais reportadas por livros no Brasil. Já havia, no entanto, tráfego desde 1930 nas duas partes, e o trecho desde Santos até Samaritá havia sido adquirido em 1927 da Southern São Paulo Railway, operante desde 1913. Com o fim da Sorocabana e a criação da Fepasa, em 1971, a linha foi prolongada até Boa Vista, no fim dos anos 80 (retificação do antigo ramal de Campinas). Houve tráfego de passageiros entre Mairinque e Santos até cerca de 1975, e mais tarde entre Embu-Guaçu e Santos, até novembro de 1997. A linha opera até hoje sob a administração da Ferroban.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Acaraú foi inaugurada em 1938.

Está desativada há anos. Ali existia também uma sub-estação, que foi utilizada no curto período em que a linha foi eletrificada, mais ou menos entre 1966 e 1974.

"A subestação fica a uns 400 m da estação de Acaraú. Ela fica bem no meio da Mairinque-Santos, entre Gaspar Ricardo e Salles da Cruz. Ela e a estação de Acaraú têm acesso por carro. Logo no fim da Imigrantes e início da Pedro Taques, entrar à direita antes do pedágio, numa estrada de terra que acompanha a alça de ligação Paratinga-Cubatão. Quando chegar num ponto em que essa estradinha cruza a linha, se continuar seguindo reto, termina em Paratinga, e se entrar a direita, por uns 3 Km, chega-se em Acaraú. A estação está abandonada. Tem pessoas morando em algumas casas que tem atrás da estação, que eram de funcionários da EFS. A estação não está depredada, mas está "mal cuidada". Havia cadeados, novos, nas portas e janelas, e uma placa: Imóvel pertencente à RFFSA". (Thomas Corrêa, 2007)


ACIMA: Algum evento na então novíssima estação de Acaraú, em 1939 (Foto Revista Sorocabana, acervo Thomas Correa).
     

A estação em 1986 (Relatório de Instalações Fixas da Fepasa, 1986)

A estação em 1986 (Relatório de Instalações Fixas da Fepasa, 1986)

Entrada do pátio de Acaraú, anos 1990. Foto cedida por Antonio A. Gorni

O trem chega a Acaraú, em 05/1996. Foto José H. Bellorio

A estação em 1998. Foto Nilson Rodrigues

A estação em 07/2002. Foto Paulo Roberto Szabadi

A locomotiva da Brasil Ferrovias e a estação, em 16/04/2005. Foto Thomas Corrêa

O auto de linha da Brasil Ferrovias e a estação, em 16/04/2005. Foto Thomas Corrêa

A estação em 2007. Foto Ricardo Koracsony
     
Atualização: 26.06.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.