A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Salvador Pinto
Cruz das Almas
Manoel Vitorino
...
Saída do ramal de Conceição de Almeida: Cruz das Almas-nova
...

Linha do Sul - 1940
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. Central da Bahia (1881-1911)
Cia. Chemins de Fer Federaux du L'Est Brésilien (1911-1935)
V. F. F. Leste Brasileiro (1935-1970)
CRUZ DAS ALMAS
(ENGENHEIRO EURICO MACEDO)
(antiga POMBAL)
Município de Cruz das Almas, BA
Linha do Sul - km 158,697 (1960)   BA-2365
Altitude: 175 m   Inauguração: 23.12.1881
Uso atual: abandonada   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Sul, Mapele-Monte Azul, foi formada pela união das linhas de diversas ferrovias quase todas originadas no século 19, como a E. F. Central da Bahia, a E. F. Bahia ao São Francisco, a E. F. de Santo Amaro e a E. F. Centro-Oeste da Bahia, que, quando finalmente unidas sob o nome de Viação Férrea Federal do Leste Brasileiro (VFFLB) entre 1935 e 1939, tiveram suas linhas unidas e prolongadas de forma a, em 1951, ligarem Salvador e Mapele à localidade mineira de Monte Azul, ponta dos trilhos da E. F. Central do Brasil. Trens de passageiros passaram pelos seus diversos pedaços desde cada uma de suas origens até a linha completa, desaparecendo em 1979, quando somente faziam o trecho Iaçu-Monte Azul, no sul, e até o início dos anos 1980 entre Mapele e Candeias. Hoje a linha é utilizada apenas por trens cargueiros, que sofrem para passar pelo gargalo do rio Paraguassu.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Pombal foi aberta pela E. F. Central da Bahia na sua linha principal, em 1881. Mais tarde o nome foi alterado para Cruz das Almas. Desta estação, que ficava a 6 km do centro do município, deveria sair uma variante que uniria a linha à estação de Santa Teresinha, na mesma linha, atravessando o rio Paraguassu mais para o sul, eliminando o gargalo da ponte entre Cachoeira e São Félix. Esse era o projeto dos anos 1960, que nunca foi construído. Também nunca implementado foi o trecho Cruz das Almas-Santo Antonio de Jesus, esta última estação da E. F. Nazaré e que uniria as duas ferrovias, projeto também dado como certo no início dos anos 1960 (ver quadro abaixo). Ferroviários da região dizem que a estação recebeu muito cimento vindo de Minas Gerais por via ferroviária nos anos 1970. Ela fica próxima da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, que é situada na entrada rodoviária antiga da cidade. A partir de 1970, a

ACIMA: A estação ainda com o nome de Eurico Macedo no dístico. Anos 1980? Ainda passariam trens de passageiros por ali? (Autor desconhecido).
Quanto ao trecho Cruz das Almas-Santo Antonio de Jesus, a Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, vol. XX, 1958, p. 206, afirma que "está em fase adiantada a construção de um ramal ferroviário que ligará, na cidade de Santo Antonio de Jesus, a VFFLB à E. F. de Nazaré". Na p. 344, afirma que "os trilhos da VFFLB passam pelo município (de Sapeaçu) e a ligação desta ferrovia com a E. F. Nazaré, em Santo Antonio de Jesus, está em vias de conclusão. Os trilhos da E. F. de Nazaré já ultrapassaram este município e passam próximo à cidade de Sapeaçu". De 1960 a 1963, realmente, o Guia Levi, usado como referencia de horários de trens de passageiros, acusa a existência de trens de passageiros ligando Cruz das Almas à estação de Conceição de Almeida, um trecho com 11 quilômetros de extensão, mas, em 1965, ele já não mais existe. Este trecho seria o início da ligação com a E. F. Nazaré e jamais teria sido completado - ou teria, foi desativado antes que os trens fizessem a ligação de Cruz das Almas com Santo Antonio de Jesus, talvez porque em 1965 a E. F. Nazaré já estava em fase de desativação (parou em 1970).
lista de estações no Guia Levi já não mostra a estação de Cruz das Almas, mas sim uma estação chamada de Eng. E. Macedo, comumente chamada de Eurico Macedo, que é a mesma - a falta de documentação não permite a confirmação, mas o prédio tem arquitetura dos anos 1930 e o fato de ter sido construída uma nova estação mais próxima à cidade também com o nome da cidade (na linha de Santo Antonio de Jesus, aberta no final dos anos 1950 e erradicada em 1964) levam à quase certeza que a estação mais afastada tenha trocado o nome. "Dá medo visitar a estação Eurico Macedo, é um lugar isolado, não existe absolutamente ninguém; para andar na linha, só quando se acha alguém do lugar que sabe exatamente onde ela fica. Passei em lugares em que mal cabe o trem, não tem vias marginais, só mato e trilho, e se o trem passar no momento exato, aí complica" (Roosevelt Reis,

ACIMA: Na parede da estação desativada, o símbolo antigo da Leste Brasileiro. Esta é uma das provas de que a estação teria sido construída após 1935, ano em que o nome passou a vigorar. (Foto Roosevelt Reis, em dezembro de 2008).
12/2008). O relato mostra que o antigo acesso de passageiros e de cargas que levava à antiga estação desapareceu depois de sua desativação, o que deve ter se dado nos anos 1980. (VEJA TAMBÉM CRUZ DAS ALMAS - RAMAL)
(Fontes: Lorena Silva Santos; Roosevelt Reis; Cyro Deocleciano R. Pessoa Jr.: Estradas de Ferro do Brazil, 1886; A Leste Brasileiro e o Desenvolvimento Econômico da Bahia, 1960; IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, vol. XX, 1958; Guia Geral das Estradas de Ferro, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A antiga estação de Cruz das Almas. Foto Roosevelt Reis em 2008

A antiga estação de Cruz das Almas. Foto Roosevelt Reis em 2008

A antiga estação de Cruz das Almas. Pode-se notar no dístico, meio apagado, o nome mais recente: Eng. Eurico Macedo. Foto Roosevelt Reis em 2008

A antiga estação de Cruz das Almas. Foto Roosevelt Reis em 2008

A antiga estação de Cruz das Almas. Foto Roosevelt Reis em 2008
 
     
     
Atualização: 24.11.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.