A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Artur Nogueira
Engenheiro Coelho
Tujuguaba
...

Ramal de P. Salles - 1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2002
...
 
Cia. Carril Funilense (1913-1921)
E. F. Sorocabana (1921-1960)
ENGENHEIRO COELHO
(antiga GUAYQUICANA)
Município de Engenheiro Coelho, SP
Ramal de Pádua Salles - km 248,563 (1934)   SP-0240
Altitude: 632 m   Inauguração: 20.11.1913
Uso atual: posto de saúde?   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1913
 
 
HISTORICO DA LINHA: A Cia. Carril Funilense foi inaugurada em 18/09/1899 pela Cia. Agrícola Funilense, de Funil (hoje Cosmópolis), com bitola de 60 cm, saindo do centro de Campinas e chegando até a atual Cosmópolis, na época chamada de Barão Geraldo de Rezende. Em 1904, por parte de um empréstimo não honrado, o Governo do Estado ficou com a ferrovia. Em 1906, a bitola foi ampliada para a métrica; em 1913, a ferrovia já chegava ao seu ponto máximo, em Pádua Salles, margem do rio Mogi-Guaçu. Em 01/09/1921, a Sorocabana incorporou a linha, que em 1924 passou a sair da nova estação da EFS em Campinas, e com o nome de Ramal de Pádua Salles, com 93 quilômetros. A linha foi fechada no início de 1960, tendo os trilhos arrancados pouco tempo depois. Hoje são bem poucos os resquícios da velha Funilense.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Engenheiro Coelho, logo após a de Arthur Nogueira, teria sido inaugurada em 1913. A estação deu origem ao distrito, que se tornou município nos anos 1990. Há outra versão, segundo Marcelo Teodoro: O nome da estação e do povoado a que ela deu origem teria sido Guaiquicana e teria sido aberta em 01/12/1911 e não em 1913; porém, segundo se acha, o nome da colônia e o da estação sempre teriam sido diferentes, pois o nome Engenheiro Coelho, nome que homenageava o engenheiro José Luiz Coelho, à época inspetor da Sorocabana e responsável pela sua construção, já teria sido dado anteriormente à sua instalação. Ela atendia ao Núcleo Colonial Visconde de Indaiatuba. Em 1920, o relatório do Presidente do Estado ao Congresso estadual informava que "em Visconde de Indaiatuba, servido pela estação Engenheiro Coelho, estão em montagem uma usina de açúcar e uma fábrica de manteiga". Veja a menção ao nome atual da estação - o relatório foi emitido em 1921. A estação foi fechada com a linha, em 1960. O prédio existe até hoje e é um posto de saúde. Foram construídos anexos ao prédio para ampliação do posto de saúde. A antiga estação, bastante descaracterizada, mas em muito bom estado de conservação, ainda tem algumas casas da colônia da antiga fazenda, bem à frente de sua antiga fachada, e fica a cerca de 600 metros da estrada que liga Mogi-Mirim a Limeira.
ACIMA: A estação de Guayquicana ganhava os primeiros melhoramentos em 1916 (O Estado de S. Paulo, 18/3/1916).

OBRAS OCORRIDAS NA ESTAÇÃO E SEU PÁTIO DE ACORDO COM RELATÓRIOS DA EFS: 1934 - Reparação e pintura de casas de turma

TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1913 a 1960. Veja aqui horários em 1948 (Guias Levi).

ACIMA: Na estação de Engenheiro Coelho, o que deve ter sido o último trem: o de retirada de trilhos, no final de 1960 (Autor desconhecido). ABAIXO: Depois disso, o completo abandono. Foto de 1976 (Foto Edson Favero).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Edson Favero; João Carlos Reis Pinto; Marcelo Teodoro; Leandro Guidini; Acervo Familia Hereman; E. F. Sorocabana, relatórios oficiais, 1920-65; Mapa - acewrvo R. M. Giesbrecht)
     

A estação em funcionamento - anos 1950? Foto Familia Hereman. Acervo Leandro Guidini

Vista do lado da fachada, hoje na frente de uma rua asfaltada, a estação virou um posto de saúde...

...com anexos modernos que não aparecem na foto, pois estão do outro lado. à sua frente (do outro lado da rua que aparece do lado esquerdo da foto)...

...estão as antigas casas de colônia da fazenda de café que ali existia, e que hoje, em área urbana, servem de moradia...

...não muito longe da parte central da pequena cidade que é hoje Engenheiro Coelho. Fotos Ralph M. Giesbrecht, tomadas em 11/03/2002

Estação de Engenheiro Coelho em 1/6/2010. Foto João Carlos Reis Pinto
     
Atualização: 02.04.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.