A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Conde Prates
Estrela D'Oeste
Jales
...

Tronco EFA-1970
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. Araraquara (1951-1971)
FEPASA (1971-1998)
ESTRELA D'OESTE
Município de Estrela D'Oeste, SP
Linha-tronco - km 357,453 (1986)   SP-0350
Altitude: 488 m   Inauguração: 01.05.1951
Uso atual: em bom estado (2015)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A Estrada de Ferro de Araraquara (EFA) foi fundada em 1896, tendo sido o primeiro trecho aberto ao tráfego em 1898. Em 1912, já com problemas financeiros, a linha-tronco chegou a São José do Rio Preto. Somente em 1933, depois de ter sido estatizada em 1919, a linha foi prolongada até Mirassol, e em 1941 começou a avançar mais rapidamente, chegando a Presidente Vargas em 1952, seu ponto final à beira do rio Paraná. Em 1955, completou-se a ampliação da bitola do tronco para 1,60m, totalmente pronta no início dos anos 60. Em 1971 a empresa foi englobada pela Fepasa. Trens de passageiros, nos últimos anos somente até São José do Rio Preto, circularam até março de 2001, quando foram suprimidos.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Estrela D'Oeste foi aberta em 1951 e tinha na época o mesmo prédio de Valentim Gentil, pois a estação original desta fora transferida para Estrela D'Oeste (ref: relatório da EFA, 1951). Em seguida, ganhou seu prédio definitivo, que é o atual.

Fundada nos anos 1930, a cidade se tornou município em 1964. O prédio foi conservado pela prefeitura, que o utilizou como oficina e depósito pelo menos até 2003.

Osa trens de passageiros da FEPASA acabaram em 2000 e a estação foi fechada.

Em fevereiro de 2009, o prédio estava recém-reformado e em ótimas condições, sem uso conhecido. Os desvios foram retirados, por lá somente passava a linha principal.

Em 4/3/2021, a ferrovia Norte-Sul, que atravessa o Brasil do Maranhão ao Estado de São Paulo passando também pelo Pará, Tocantins, Goiás e Minas Gerais, alcançou a cidade de Estrela d'Oeste e se entroncou com os trilhos da antiga E. F. Araraquara e FEPASA. A concessão hoje das duas ferrovias é da Rumo.
O ponto de entroncamento delas fica num ponto entre as estações e cidades de Estrela e de Fernandópolis.


ACIMA: (esquerda) O guichê da bilheteria da estação foi reformado junto com o prédio e estava novo - pena que sem função. (direita) O armazém também parecia em bom estado (Fotos Rafael Correa em fevereiro de 2009).

ACIMA: Na estação abandonada, a plataforma coberta de mato e o sempre presente dístico com o nome da estação na plataforma (Foto Silvio Rizzo em 5/8/2015).

ACIMA: Marco do encontro de duas ferrovias: a ex-EFA e a Norte-Sul, ligação estabelecida em 4/3/2021 (Foto HDDrones)

(Fontes: Silvio Rizzo; Rafael Correa; Hermes Y. Hinuy; EFA: Relatórios oficiais, 1940-69; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação em 24/04/2003. Foto Hermes Y. Hinuy

Fachada da estação em 24/04/2003. Foto Hermes Y. Hinuy

A estação recem-reformada em 02/2009. Foto Rafael Corrêa

Plataforma da estação em 02/2009. Foto Rafael Corrêa

A estação de Estrela D'Oeste em 5/8/2015. Foto Silvio Rizzo
 
     
Atualização: 17.05.2021
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.