A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Miguel Couto
Cava
Cachoeiras
...
Saída do ramal do Tinguá: Tinguá
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Rio de Ouro (1883-1928)
E. F. Central do Brasil (1928-1970)
CAVA (antiga JOSÉ BULHÕES)
Município de Nova Iguaçu, RJ (veja o local)
E. F. Rio de Ouro - km 38,420 (1960)   RJ-0639
Altitude: 18 m   Inauguração: 15.01.1883
Uso atual: moradia e em ruínas (2014)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de São Pedro, posteriormente Ramal de Jaceruba, foi aberto provavelmente já em 1883, com a linha principal da E. F. Rio D'Ouro. Saía da estação de Belford Roxo e seguia até a localidade de São Pedro (Jaceruba). Passou a transportar passageiros e fechou sua linha em 1970. Foi a última linha da Rio de Ouro a fechar.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Cava foi aberta com a linha original da Rio D'Ouro em 1883, na localidade de Cava do Sapê. Há fontes que citam, para esta estação, a inauguração no ano de 1886.

Tinha originalmente o nome de Cava, nome que foi modificado para José Bulhões, novamente voltando ao nome original no final da década de 1940.

Segundo o INEPAC, é uma "construção de dois pavimentos, em estilo missiones simplificado ou californiano, em voga nos decênios de 1930 e 1940. Esta estação difere do estilo classicizante das demais instalações do ramal. A bilheteria, em construção ao lado, tem interessante marquise levemente projetada para fora da platibanda conforme o gosto art déco".

Foi desativada em 1970 e ainda está de pé. O ramal de Tinguá, que dela saía, foi desativado em 1964.

Em 2014, estava em ruínas com partes do telhado desabando, mas ainda servindo como moradia.


ACIMA: A vila de Cava em 1932. Segundo a legenda da foto, "vemos o pequeno arraial de Cava, ainda no tempo da laranja, antes do surto dos loteamentos, que se acelerou depois da Segunda Guerra, em 1945. No primeiro plano vê-se a edificação sextavada marcando o entroncamento para o ramal do Tinguá" (Jornal Correio da Lavoura, sem data - provavelmente em 2007. Foto da Coleção Sebastião de Arruda Negreiros).
1940
AO LADO:
Ruiu a ponte entre as estações de Miguel Couto e de José Bulhões (Cava) (O Estado de S. Paulo, 28/1/1940).
1940
AO LADO:
Explosão de caldeira de locomotiva próxima a José Bulhões (Cava) (O Estado de S. Paulo, 11/3/1940).
(Fontes: Eduardo P. Moreira; Carlos Latuff; Orlando de Barros Barbosa; INEPAC; Coleção Sebastião de Arruda Negreiros; Correio da Lavoura, s/d; Ney Alberto: Um pouco da história de Iguassú a Iguaçu, Colégio Leopoldo, s/d; Guia Geral de Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-79)
     

O trem da Rio de Ouro chegando a Cava. Foto sem data, cedida por Orlando Barbosa

O trem da Rio de Ouro chegando a Cava. A estação está à esquerda na foto. Foto sem data, cedida por Orlando Barbosa

Desenho imaginário da estação de Cava com a linha. Feito por Orlando Barbosa.

A estação de Cava, em 2003. Foto Orlando Barbosa e Marcia Barbosa

A estação já em ruínas, em 2007. Foto Carlos Latuff

A estação em 2009. Foto Eduardo P. Moreira
     
     
Atualização: 14.09.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.