A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Gonçalves Ferreira
Caruaru
Barra do Taquara
...

Linha Centro - 1950
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: 1965
...
 
E. F. Central de Pernambuco (1895-1904)
Great Western (1904-1950)
Rede Ferroviária do Nordeste (1950-1975)
RFFSA (1975-1996)
CARUARU
Município de Caruaru, PE
Linha Centro - km 139 (1960)   PE-3233
Altitude: 537 m   Inauguração: 01.12.1895
Uso atual: centro cultural (2007)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A Estrada de Ferro Central de Pernambuco foi aberta em 1885, de Recife a Jaboatão, pela Great Western do Brasil, empresa inglesa que mais tarde viria a incorporar quase todas as ferrovias de Pernambuco, estendendo-se pelos Estados limítrofes. Aos poucos, a linha foi sendo estendida, somente chegando ao seu extremo, em Salgueiro, no ano de 1963, sem se entroncar com linha alguma na região. Antes disso, em 1950, a União incorporou a rede da Great Western, que passou a se chamar Rede Ferroviária do Nordeste. A EFCP passou a se chamar Linha Centro. Esta linha, que como toda a RFN passou a ser controlada pela RFFSA a partir de 1957, passou a ser operada por esta a partir de 1975. Em 1983, os trens de passageiros foram suprimidos e mantidos apenas no trecho entre Recife e Jaboatão, como trens de subúrbio. Atualmente (2005), de Jaboatão para a frente, a linha está abandonada, sem movimento ferroviário por parte da CFN, concessionária da linha desde 1997.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Caruaru foi inaugurada em 1895.

"A primeira máquina do trem tinha o nome de Barbosa Lima Sobrinho, governador de Pernambuco. O prefeito Neco Porto (Manuel Rodrigues Porto) abre as portas do Paço Municipal (atual palácio do Bispo) e oferece sarau dançante ao governador, familiares e convidados em ambiente iluminado por luz elétrica" (Caruaru e a história de Topada ou Os heróis desconhecidos, site http://mq. nlink.com.br/~stefan/caruaru.htm).

A estação teve três prédios. O original foi demolido há muito tempo e aparece numa foto mais abaixo nesta página. Foi substituído por um segundo, que, depois de demolido também, deu lugar a um terceiro que até 2020 estava de pé. Este último deve ter sido construído por volta de 1940-50, pelo seu estilo arquitetônico.

O famoso Trem do Forró, que corre no carnaval de Recife todos os anos, costumava vir até esta estação. A partir de 2001, por causa do péssimo estado da linha, esse trem passou a seguir de Recife para o Cabo.

Em 2003 o prédio era um centro cultural, segundo Hélio Ribeiro.

"A estação de Caruaru teve seu pátio totalmente cimentado pela prefeitura, sendo o local agora usado por eventos em geral. O resto do leito ferroviário no centro da cidade é ocupado por parques de diversão(!). O prédio da estação foi assumido pela prefeitura, enquanto que o armazém virou "oficina de artes". Da CFN, necas de pitibiriba" (Antonio Gorni, 27/09/2007).

"Infelizmente o pátio estava fechado para reformas e eu não consegui fotografar. Na estrada da estação é possível ver 3 guichês, um para serviços de telégrafo, um para compra de bilhetes de primeira classe e outro para bilhetes se segunda classe. Soberba é traço que existe desde a existência do homem, fico imaginando as pessoas da época se sentindo melhores que a pessoa ao lado por estarem comprando um bilhete de primeira classe. Para chegar na estação eu percorri uma avenida que passa em paralelo ao antigo leito da ferrovia que foi transformado em pista de cooper e área de lazer, sobrou apenas uma cruz de santo André pra contar a história. A linha centro só existe no papel, na prática jamais um trem irá percorrê-la novamente" (Rodrigo Henrique, 4/9/2020).


ACIMA: Acidente em Caruaru em 1927 - CLIQUE SOBRE A FIGURA PARA VER MAIS (Diario da Manhã, 23/6/1927).

ACIMA: Locomotiva a vapor articulada Beyer Garratt, na estação de Caruaru-PE, meados dos anos 1950 (Autor desconhecido).


ACIMA: O antigo pátio da estação de Caruaru mantém alguns trilhos mas está totalmente cimentado pela Prefeitura. O trem já não passa ali há anos (Foto Antonio A. Gorni, 20/9/2007).

(Fontes: Luiz Ruben F. A. Bonfim; Helio Ribeiro; Antonio A. Gorni; http://mq.nlink.com.br; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)

     

A primeira estação de Caruaru. Autor desconhecido, data desconhecida

A primeira estação em 1901. Autor desconhecido

A estação nos anos 1960. Foto Ótica Brasilia

A estação, em 2002. Foto do livro Estrada de Ferro Central de Pernambuco, de Luiz Ruben F. de A. Bonfim

A estação, em 2002. Foto do livro Estrada de Ferro Central de Pernambuco, de Luiz Ruben F. de A. Bonfim

A estação, em 2003. Foto Hélio Ribeiro

Fachada da estação, em 2003. Foto Hélio Ribeiro

A estação, em 2003. Foto Hélio Ribeiro

A estação, em 2003. Foto Hélio Ribeiro


Armazém, à esquerda, e a plataforma de passagerios, à direita. Foto Antonio A. Gorni em 20/09/2007

A fachada da estação de Caruaru. Foto Antonio A. Gorni em 20/09/2007

A fachada da estação de Caruaru. Foto Rodrigo Henrique em 4/9/2020.
     
Atualização: 05.09.2020
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.