A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Linha da E. F. Goiaz
...
Bocaina
Pirapitinga
Goiandira-nova
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...

 
RFFSA (1978-1996)
PIRAPITINGA
Município de Cumari, GO
Linha-tronco (variante) - km 47,78 (2006)   MG-3847
Altitude: -   Inauguração: 10.12.1978
Uso atual: abandonada e em ruínas (2016)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1978
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da E. F. Goiaz foi aberta a partir de Araguari, onde já estavam os trilhos da Mogiana desde o ano de 1896, em seu primeiro trecho em 1911, até a ponte sobre o rio Paranaíba, na divisa entre os Estados de Minas Gerais e Goiás. A partir de então, foi aquela demora de sempre: avançando lentamente, atingiu Goiânia, capital do Estado de Goiás desde o início dos anos 1940, somente em 1950, e alguns anos mais tarde a linha foi prolongada em dois quilômetros até Campinas de Goiás. Aí parou. Com a entrada em operação da linha para Brasilia, a partir da estação de Roncador, o trecho até Goiânia perdeu em importância. Hoje boa parte da linha está em operação para trens cargueiros: trens de passageiros acabaram nos anos 1980.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Pirapitinga foi inaugurada em 1978, segundo Filemon dos Santos Xavier, ferroviário aposentado, que também formeceu sua quilometragem em relação à estação de Araguari-nova.

"É a única estação da linha nova entre Araguari Nova e Roncador Novo que não seguiu o projeto do Batalhão Ferroviário. Nas proximidades dela existe a maior ponte ferroviária construída pelo Batalhão Mauá: a ponte sobre o rio Piraptinga, com 782,82m de comprimento. Tanto a estação quanto a ponte estão no município de Cumari-GO. A estação, mesmo sem o telhado, ainda existe. Ao redor dela ainda há um alojamento e um prédio para manutenção na via permanente" (Glaucio Henrique Chaves, 2009).

(Fontes: Glaucio Henrique Chaves,; Filemon dos Santos Xavier)
     

A estação em ruínas em 6/9/2008. Foto Glaucio Henrique Chaves

A estação em ruínas em 2016; Foto Glaucio Henrique Chaves
 
     
     
Atualização: 27.10.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.