A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Linha da E. F. Goiaz
...
Inajá
Urutaí
Roncador
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. Goiaz (1914-1965)
V. F. Centro Oeste (1965-1975)
RFFSA (1975-1977)
URUTAÍ
Município de Urutaí, GO
Linha-tronco - km 191,716 (1960)   GO-3590
Altitude:   Inauguração: 15.11.1914
Uso atual: desconhecido   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1914
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da E. F. Goiaz foi aberta a partir de Araguari, onde já estavam os trilhos da Mogiana desde o ano de 1896, em seu primeiro trecho em 1911, até a ponte sobre o rio Paranaíba, na divisa entre os Estados de Minas Gerais e Goiás. A partir de então, foi aquela demora de sempre: avançando lentamente, atingiu Goiânia, capital do Estado de Goiás desde o início dos anos 1940, somente em 1950, e alguns anos mais tarde a linha foi prolongada em dois quilômetros até Campinas de Goiás. Aí parou. Com a entrada em operação da linha para Brasilia, a partir da estação de Roncador, o trecho até Goiânia perdeu em importância. Hoje boa parte da linha está em operação para trens cargueiros: trens de passageiros acabaram nos anos 1980.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Urutaí foi inaugurada em 1914. Antiga estação da EF Goiás, ficou fora do novo traçado onde não foi construída uma nova versão sua. O trecho Inajá-Roncador, na variante Araguari-Pires do Rio, foi aberto em 28 de junho de 1977. "No seu pátio ferroviário, houve um grande acidente ferroviário da EFG: a colisão de um trem de cargas com um trem de passageiros noturno. Houve muitas mortes" (Glaucio Henrique Chaves, 2006). Já sem trilhos, esteve mal conservada e servindo

ACIMA: Ponte ferroviária sobre o rio Corumbá, na linha antiga desativada em 1977, entre as estações de Urutaí e de Pires do Rio (Fotografia Glaucio Henrique Chaves em 2015).
de moradia, mas foi recuperada em 2008. O prédio atual ainda é o de 1914. É muito semelhante com a estação de Ouvidor e de Roncador, inauguradas na mesma época. As fotos abaixo ainda não mostram a estação recuperada. Coordenadas: 17°27'45.52"S 48°12'0.62"W
(Fontes: Glaucio Henrique Chaves; Roberto Fonseca Dias; Edmar César Alves: Batalhão Mauá - Uma História de Grandes Feitos, 2002; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960)
     


A estação em 07/2006. Foto Roberto Fonseca Dias


A estação em 07/2006. Foto Roberto Fonseca Dias

A estação em 07/2006. Foto Roberto Fonseca Dias
     
     
Atualização: 16.12.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.