A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Prates
Ouvidor
Ribeira
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. Itapemirim (c.1912-c.1965)
OUVIDOR
Município de Itapemirim, ES
E. F. do Itapemirim - km 37 (1948)   ES-4689
Altitude: -   Inauguração: anos 1910
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Itapemirim foi construída entre 1910 e 1920, inicialmente entre a estação da Barra, no porto da Barra do Itapemirim e a Usina Paineiras, depois completada até a Praça João Pessoa, em Cachoeiro. A ferrovia derivava de um projeto mais antigo que deveria ligar o porto da Barra a Castelo e Alegre, mais ao norte. Os trechos entre Cachoeiro e Castelo e Coutinho e Rive foram construídos nos anos 1880. O primeiro se transformou na E. F. Caravelas, e parte dele (Coutinho-Castelo) mais tarde foi o ramal de Castelo da Leopoldina. A E. F. Itapemirim, uma das poucas na região a não cair nas mãos da Leopoldina, foi finalmente extinta em meados dos anos 1960, quando já se estendia até a praia de Marataízes, uma estação além da Barra.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Ouvidor foi provavelmente inaugurada no início dos anos 1910.

"A estação do Ouvidor recebia uma linha da Usina Paineiras, onde aquela locomotiva que está na praça onde ficava a estação Paineiras e que descarregava cana de açúcar. Mas que, por ser linha de bitola estreita (0,60 m), não entrava na EF Itapemirim" (Luiz Claudio Vieira Lopes, 20/1/2017).

A estação já foi demolida e dela não sobrou qualquer vestígio.

ACIMA: A ferrovia no trecho dentro do município de Itapemirim, ES. Várias das estações estão assinaladas no mapa ao longo da linha. A de Ouvidor está junto ao rio Itapemirim, a oeste. Notar como a linha acompanha am quase todo o percurso este rio (Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, IBGE, vol. VI, 1958).
     
 
     
Atualização: 22.01.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.