A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice
Estações de Sta Catarina
...
Visconde de Barbacena
Laguna
...

Mapa de 1924
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. Tereza Cristina (1884-1973)
LAGUNA
Município de Laguna, SC
Ramal de Laguna - km 31,604 (1960)   SC-1762
Altitude: 5 m   Inauguração: 01.09.1884
Uso atual: abandonada (2003)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: anos 1960?
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Laguna partia da estação de Bifurcação (depois Visconde de Barbacena) e terminava na estação de Laguna, com pouco mais de 5 quilômetros apenas de extensão. Foi erradicado em 28/02/1973.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Laguna foi uma das estações originais da linha, e estava também na ponta de seu primeiro ramal, uma linha curta com pouco mais de 5 km que partia da estação de Bifurcação (Visconde de Barbacena). "A ferrovia possui sete estações, Imbituba, Bifurcação, Laguna, Piedade, Pedras Grandes, Orleans e Minas, tendo (também) pontos de paradas (...) Todos os edifícios são de tijolos e pedras. Acha-se em estado regular. Tem armazéns em todas as estações exceto Bifurcação e Orleans (...)" (Relatório de 1887 apresentado por João Caldeira d'Alvarenga Messeder, engenheiro fiscal da estrada, ao Presidente da Província de Santa Catarina).

A rigor houve 4 estações em Laguna, uma seguida à outra. A primeira foi construída no lugar denominado Campo de Fora. Longe do centro, longe do comércio, a estação foi finalmente trazida para a cidade em 1908.

Esta segunda estação, mal cuidada, em dado momento (quando?) a estação, considerada um pardieiro, foi destruída pela própria população num dia de exaltação.

A ferrovia a trocou por um vagão estacionado na plataforma vazia. Este foi incendiado não muito tempo depois.

A ferrovia, então, resolveu construir uma quarta estação não muito longe do local da primeira, no tal Campo de Fora, fora da cidade, ainda. Aliás, o trem de passageiros da linha principal ia e voltava pelo ramal para Laguna, sem que houvesse necessidade de baldeação na estação de saída.

O ramal não mais existe há anos, mas até 1970 os trens de passageiros ainda passavam pela estação. A erradicação oficial do ramal se deu em 28/02/1973, como consequência da enchente desse ano, que praticamente inutilizou a linha, já pouco usada.

ACIMA: A estação do centro da cidade, a terceira de Laguna, em fotografia talvez dos anos 1940. Hoje, neste local, existe um supermercado, o Angeloni (Teresa Cristina - A Ferrovia do Carvão, Walter Zumblick, UFSC, 1987).

(Fontes: Cristiane Biazin, 2009; Paulo R. Szabadi; Lourenço Paz; Walter Zumblick: Teresa Cristina - A Ferrovia do Carvão, UFSC, 1987; João Caldeira d'Alvarenga Messeder: Relatório apresentado pelo engenheiro fiscal da estrada ao Presidente da Província de Santa Catarina, 1887; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-79; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A terceira estação, no centro da cidade. Foto provavelmente dos anos 1940. Foto do livro Teresa Cristina - A Ferrovia do Carvão, Walter Zumblick, UFSC, 1987

A quarta estação de Laguna, no Campo de Fora, em 05/2003. Foto Paulo R. Szabadi

A quarta estação de Laguna, no Campo de Fora, em 05/2003. Foto Paulo R. Szabadi

A quarta estação de Laguna, no Campo de Fora, em 05/2003. Foto Paulo R. Szabadi
   
     
Atualização: 26.02.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.