A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Villa Costina
Fazenda
Monte Bello
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Villa Costina (anos 1890?-anos 1920)
FAZENDA
Município de São José do Rio Pardo, SP
E. F. de Villa Costina - km -   SP-4705
Altitude: -   Inauguração: n/d
Uso atual: desconhecido   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: Da estação de Vila Costina saiu, por algum tempo, supostamente entre os anos 1890 e os anos 1920, uma estrada de ferro, a E. F. de Vila Costina, de bitola de 60 cm e que ligava a estação à cidade de São Sebastião da Grama, em terras do sr. José da Costa Machado, mineiro e ex-Governador da Província de Minas Gerais. Supõe-se que esta ferrovia ainda não existia na época da compra do ramal pela Mogiana, pois não é citada em ponto algum. Mas deixa claro que o nome "Vila Costina" vem da fazenda desse senhor, e esse nome deriva do seu nome (Costa), que foi quem abriu a fazenda, nos anos 1870. Há vagas menções de que essa misteriosa ferrovia de apenas 21 quilômetros teria sido suprimida pouco antes de 1929. No entanto, funcionava em 1917, inclusive com seus horários estampados no famoso Guia Levi. Sud Mennucci, em anotações a lápis em seu próprio livro publicado em agosto de 1929, O Vertiginoso Crescimento de São Paulo, cita que a ferrovia havia sido fechada antes da edição de seu livro, em 1929.
 
A ESTAÇÃO: Sem maiores informações. O nome Fazenda pressupõe que ela estava perto ou dentro de uma das fazendas da região. Mas de qual? Sem as quilometragens oficiais de cada parada, podemos apenas saber que eram paradas bastante próximas entre si. Esta estava a 8 minutos (menos de dois quilômetros) da estação inicial de Vila Costina e a 12 minutos (pouco mais de dois quilômetros) da estação seguinte, distâncias calculadas a partir do horário e da quilometragem total da linha. Suponho que todas estas estações eram, na realidade, pequenas paradas ou estribos e que, em princípio, tenham desaparecido fisicamente depois de tantos anos de fechamento da ferrovia, fato este que se deu nos anos 1920.

A ferrovia teria funcionado apenas por cinco anos e seis meses. De acordo com o Guia Levi de 1917 (mês desconhecido), neste ano a ferrovia estava operando.

ACIMA: Horários da ferrovia em 1917, com a estação de Fazenda sendo assinalada (Guia Levi). ABAIXO: A ferrovia corria entre Vila Costina (no alto, à esquerda) e a cidade de São Sebastião da Grama (no centro, à direita) - CLIQUE SOBRE A FIGURA PARA VER MELHOR O MAPA).


(Fontes: Márcio José Lauria; Sud Mennucci: O Vertiginoso Crescimento de São Paulo, 1929; Guia Levi, 1917)
     
 
     
Atualização: 20.01.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.