A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
S. Joaquim da Barra-nova
Guará-nova
Ituverava-nova
...

Variante Entroncamento-Amoroso Costa - 1980
 
 
Fepasa (1983-1998)
GUARÁ-NOVA
Município de Guará, SP
Variante Entroncamento-Amoroso Costa - km 390,400 (1986)   SP-1980
    Inauguração: 1983
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: c. 1988
 
HISTORICO DA LINHA: A variante Entroncamento-Amoroso Costa foi construída e aberta pela Fepasa em 6 de fevereiro de 1979, para cargas, e em 10 de maio de 1979, para substituir o antigo ramal de Igarapava, da ex-Mogiana, passando a oeste da linha velha e com novas estações. A variante, unida ao tronco retificado da antiga Mogiana, passaram a constituir uma linha única entre Boa Vista, em Campinas, e Araguari, em Minas Gerais. O tráfego de passageiros da linha cessou em setembro de 1997.
 
A ESTAÇÃO: Guará-nova foi aberta por volta de 1983, anos após a abertura da variante Entroncamento-Amoroso Costa (1979), com um vagão servindo como estação, que, em 1986, segundo o Relatório de Instalações Fixas da Fepasa, desse ano, ainda continuava por ali. Paulo Cury, de Jundiaí, afirma que, mais tarde, o prédio definitivo acabou sendo construído. O pátio da estação de Guará-nova fica atrás de uma fábrica chamada Busa, na via Anhanguera. no km 397 da rodovia, onde a linha passa relativamente próxima (pode ser vista das duas pistas). Está ao lado esquerdo de quem segue para Igarapava. A quilometragem da linha na entrada sul do pátio mostra 389. A Fepasa, no seu relatório de instalações fixas de 1986, mostra a estação como um vagão e no km 390,400. Não achei vestígios de estação ali. Existem a linha principal e um desvio. Nem plataforma, nem nada. Como normalmente não se demole a plataforma, a impressão que se dá é que jamais foi construída uma estação ali. Nas fotos abaixo, uma é da estação-vagão em 1986 (péssima foto, infelizmente, mas dá para ver que era um vagão claro); na seguinte, a entrada sul do pátio, vista no sentido de Ribeirão Preto; na outra, os desvios, no sentido Igarapava. Os montes de "pedras" à esquerda da foto na verdade são pilhas de dormentes de concreto. O que parece um vagão escuro ao fundo deu para ver que não está colado na linha (deu para ver ali, mas na foto não está claro) e que não tem nenhuma plataforma. Nem sei se é um vagão. Apesar de parecer pequena, a distância era grande e a segurança de andar por ali meio duvidosa; acabei não chegando até aquele ponto.
     

Numa imagem infelizmente muito ruim, o vagão-estação em 1986. Foto do relatório da Fepasa desse ano

Entrada sul do pátio de Guará-nova, em 28/12/2005. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht

Pátio de Guará-nova, em 28/12/2005. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht

Placa de quilometragem na entrada sul do pátio, em 28/12/2005. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht
   
     
Atualização: 29.07.2010
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.