A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Monte Alto
Homem de Mello
Tabarana
...

EFMA - 1935

IBGE - 1956
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Monte Alto (1917-1956)
HOMEM DE MELLO
Município de Monte Alto, SP
Linha-tronco - km 18   SP-1999
Altitude: -   Inauguração: 24.10.1917
Uso atual: abandonada (2013)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1917
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Monte Alto (EFMA) foi aberta em 1908, ligando a estação de Ibitirama, no trecho de bitola métrica da Cia. Paulista, que a partir de 1930 tornou-se o ramal de Jaboticabal. Em 1917, a linha foi prolongada até Homem de Mello e em 1922 chegou até Vista Alegre, donde deveria seguir para Pirangi, encontrando-se com a E. F. Oeste de São Paulo, estrada que nunca chegou a operar, embora tivesse um trecho construído entre as estações de Taiúva, da Paulista, e a cidade de Taiaçu. Em 1/7/1938, por determinação do Governo do Estado, a ferrovia foi anexada pela E. F. Araraquara, depois de anos de seguidos prejuízos. A linha chegou a ter quatro trens diários, além de bondes (automotrizes) a gasolina que percorriam a linha, principalmente quando não havia cargas a transportar, pois todas as composições eram de trens mistos. Altamente inviável economicamente por seus trens lerdos especialmente no trecho de subida de serra num trecho total muito curto (cerca de 25 quilômetros), ela foi finalmente extinta pela EFA em 1956, tendo sido os trilhos retirados não muito tempo depois.
 
A ESTAÇÃO: Esta estação, originalmente chamada Engenheiro Homem de Mello, provavelmente homenageando algum dos construtores da linha, foi aberta em 1917.

A estação não era mais citada nos relatórios da EFA, que havia anexado a linha, em 1946, o que pode significar que ela já teria sido fechada e somente funcionava como parada nos últimos anos.

A estação ainda existe, feita em madeira, abandonada e sozinha no meio do nada. A foto de 2009 (abaixo) mostra uma plataforma muito alta em relação ao antigo leito: teria sido feito um rebaixamento após a retirada da linha, por algum motivo ignorado? É incrível que a estação ainda esteja em pé em 2016, sendo feita em madeira; o nome dela está no dístico colocado na plataforma, quase apagado.

ACIMA: Na plataforma, o dístico, quase apagado, convive com um a carta emoldurada de 1998 de um órgão preservacionista (Foto Antonio Sergio Britto em 19/5/2013).

(Fontes: Antonio Sergio Britto; Ulisses Zangerolami; Alberto Partorini Machado; José Renato Biazotto; E. F. Araraquara: Relatórios anuais, 1940-66; Eugenio Egas: Os Municípios Paulistas (M-Y), Seção de Obras do Estado de São Paulo, 1925; Guias Levi, 1932-57; IBGE, 1956; Mapa - Acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação de Homem de Mello, c. 2001. Foto enviada por Alberto Partorini Machado

A estação em 2006. A estação ou uma casa do pátio? Foto José Renato Biazotto

A estação em 19/5/2013. Foto Antonio Sergio Britto

A estação em 19/5/2013. Foto Antonio Sergio Britto

A estação em 2016. Foto Ulisses Zangerolami
 
     
Atualização: 09.10.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.