A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Bocaina
Izar
Posto Rangel
...

ramal de Bariri - 1950

IHGESP - 1928
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...

 
C. E. F. do Dourado (1911-1949)
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1949-1966)
IZAR
Município de Bocaina, SP
Ramal de Bariri - km 57,082 (1929)   SP-2137
Altitude: 582,200 m   Inauguração: 07.1911
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1911
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Bariri foi construído em 1910 pela E.F.Dourado, já em bitola métrica, saindo de Trabiju e atingindo a cidade de Bariri, com 8 estações e mais de 62 quilômetros. Em 1949, passou a integrar a rede da Cia. Paulista, que comprou a Douradense. O ramal foi suprimido em 16/12/1966, e os trilhos arrancados quase em seguida.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Izar foi inaugurada pela E. F. do Dourado em 1911, sete meses depois da abertura da linha. Durante a construção era chamada de Invernada, mas foi aberta com o nome definitivo. Junto a esta estação havia uma casa de turma (Fonte: Relatório E. F. Dourado, 1912). Em 1949, passou a ser administrada pela Cia. Paulista. Foi desativada com o ramal em 1966. "Consegui identificar o local da antiga estação de Izar graças à ajuda do gerente da empresa que administra aquela área. No local predomina a cultura da cana de açúcar. Eu tive acesso a um desenho que foi feito pela equipe de topografia da empresa onde está o local da antiga estação, e pude verificar que ela era grande (36 m x 8,5m x 5m de altura). Neste grande barracão eram armazenadas sacas de café provenientes da produção das fazendas ao redor da estação. O prédio foi demolido no final da década de 1980. Segundo o pessoal da topografia da empresa onde um dia esteve a estação, existe um pequeno marco de concreto que foi colocado no seu local, algum tempo depois de sua demolição " (Julio Cesar Piesigilli, Jaú, 04/2006).

ACIMA: Notícia de 1929 dá conta das dificuldades para se embarcar café na estação de Izar (Folha da Manhã, 24/9/1929).
     
À esquerda, em 04/2006, pode-se notar no meio do canavial baixo uma linha de plantas mais altas que faz uma curva para a esquerda. Mais ou menos aí era o leito da ferrovia. A estação ficava em algum ponto dessa foto. Foto Julio Cesar Piesigilli  
     
     
Atualização: 17.07.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.