A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Leopoldina
Mombuca
Chave do Barão
...

seção Ituana - 1935
 
 
Cia. Ytuana (1876-1892)
Cia. União Sorocabana e Ytuana (1892-1907)
Sorocabana Railway (1907-1919)
E. F. Sorocabana (1919-1971)
FEPASA (1971-c.1990)
MOMBUCA
Município de Mombuca, SP
Ramal de Piracicaba - km 206,189   SP-1449
    Inauguração: 11.10.1876
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolido)
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Piracicaba foi construído pela Cia. Ituana a partir de 1873, partindo da estação de Itaici, na linha, também da Ituana, entre Jundiaí e Itu. Em 1892, houve a fusão com a Sorocabana, formando a Cia. União Sorocabana e Ytuana (CUSY). Em 1893 o ramal chegou a São Pedro, ponto terminal, 58 km à frente de Piracicaba, onde havia chegado em 1877. A Ituana foi definitivamente incorporada pela Sorocabana em 1905, com a compra da CUSY pelo grupo americano de Percival Farquar. O ramal - algumas vezes chamado também de ramal de São Pedro - teve o trecho final, entre Piracicaba e São Pedro, suprimido para trens de passageiros em 1966 e seus trilhos foram retirados em 1980. Até esta época, ainda seguiam cargas para a Usina Costa Pinto. O tráfego de passageiros entre Itaici e Piracicaba acabou em 1976, enquanto trens de carga continuaram trafegando cada vez menos até meados dos anos 80. Por volta de 1990, os trilhos, já abandonados, foram retirados pela agora FEPASA.
 
A ESTAÇÃO: A estação, uma das mais antigas do ramal, foi inaugurada em fins de 1876 pela Ytuana, e serviu como núcleo para a formação da vila de Mombuca, que em 1964 tornou-se sede do município do mesmo nome, desmembrando-se de Capivari. Embora sendo uma cidade pequena, teve a estação demolida, e em seu

OBRAS OCORRIDAS NA ESTAÇÃO E SEU PÁTIO DE ACORDO COM RELATÓRIOS DA EFS: 1934 - Instalação de luz

lugar permanece o terreno abandonado, bem perto da saída para Rio das Pedras. O depoimento de um morador, em 02/04/1998, lamentava e não entendia a demolição do prédio, ocorrido, segundo ele, "há uns seis ou sete anos". É possível. Até pelo menos 1986, a estação estava lá, ao lado dos trilhos, abandonada e depredada, mas o relatório da FEPASA já recomendava a sua demolição.
     


A estação, em 1980. Foto José Pinto
Siqueira Jr.


Foto ruim, da estação, já abandonada, em 1986. Foto do relatório de Instalações Fixas da Fepasa, desse ano

A estação em 1987. Foto do livro Mombuca - Povoação e Desenvolvimento, de Magdalena M .S. de Almeida, 1987
     
     
Atualização: 18.05.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.