A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Preá
Stevenson
Angá
...

IBGE-1957
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1927-1970)
STEVENSON
Município de Araguari, MG
Linha do Catalão - km 774,022 (1927)
Linha do Catalão - km 768,650 (1938)
  MG-1678
Altitude: 735 m   Inauguração: 10.02.1927
Uso atual: restaurada e fechada (2015)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1927
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha do Catalão foi construída entre 1888 e 1889 até Uberaba, tendo chegado em 1895 a Uberabinha (Uberlândia) e 1896 a Araguari. Continuação da linha do Rio Grande a partir da estação de Jaguara, às margens do rio Grande e já em território mineiro, a idéia da Mogiana era alcançar Catalão, em Goiás (daí o nome) e dali seguir para Belém do Pará, coisa que nunca aconteceu. Na verdade, a E. F. de Goiás acabou por construir esse trecho, chegando até Goiânia e Brasília. Em 1915, o ramal de Igarapava foi prolongado para além de Igarapava de forma a alcançar a linha do Catalão um pouco antes de Uberaba, em Rodolfo Paixão. A nova linha provou ser mais econômica do que o trecho da linha do Catalão entre o rio Grande e Uberaba, trecho este que foi abandonado definitivamente em 1976, depois de ser separado da linha do Rio Grande em 1970 por causa da construção da represa de Jaguara. O trecho a partir de Uberaba foi, então, incorporado ao ramal de Igarapava e, em 1979, totalmente retificado a partir de Ribeirão Preto até Araguari. Trens de passageiros percorreram o trecho até 1979 e depois o trecho retificado até 1997, quando foram suprimidos, já pela Fepasa.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Stevenson deveria se chamar Itirahy, mas, com a aposentadoria, por doença, do Inspetor-Geral da Cia. Mogiana, dr. Carlos William Stevenson, alterou-se o nome, na sua inauguração em 1927, para o atual. Foi construída na então localidade de Fundão. O engenheiro morreu em 1946. Em 1970, com a entrega da variante Ômega-Araguari, a estação foi substituída por uma nova versão (com o mesmo nome), na variante, e ficou fora dos trilhos. O prédio fica hoje às margens da rodovia que liga Uberlândia e Araguari. "O prédio da antiga estação de Stevenson, depois da foto do seu site, sofreu a pior das agressões que ele poderia sofrer. A entrada de passageiros (mostrada abaixo na foto de 2001) foi aterrada e a cobertura da plataforma, retirada. O

ACIMA: Fevereiro de 2013. A estação finalmente recuperada, fotografada à noite, as margens da BR-50. Sobreviverá por quanto tempo? (Foto Glaucio Henrique Chaves).
dono do terreno onde está a estação, que se diz dono do prédio, numa tentativa de transformá-lo em 'forró', demoliu 90% das paredes internas e ainda quebrou os vãos das janelas, com vista para a plataforma, fazendo delas portas arqueadas. O 'forró' não deu certo e a estação agora sofre com os andarilhos que jogam futebol dentro dela
" (Giselle Mattos, Uberlândia, MG). A estação está tombada pelo patrimônio histórico do município de Araguari. Em outubro de 2005 a área em volta da abandonada estação estava tomada por um viveiro de plantas ornamentais. Em 02/2009, a estação estava seriamente ameaçada de ruir, devido à excessiva inclinação da porção leste do prédio. Em 2012 foi restaurada, mas desde então permancee fechada. Coordenadas: 18°43'59.89"S 48°13'28.26"W (veja também STEVENSON-NOVA)
(Fontes: Fernando Picarelli; Glaucio Henrique Chaves; Gutierrez Lhamas Coelho; Giselle Mattos; Secretaria Municipal da Cultura de Araguari; Relatório de Instalações Fixas, Fepasa, 1986; relatórios oficiais da Mogiana, 1890-1969; IBGE, 1957)
     

A estação, abandonada, em 2001. Autor desconhecido

A estação em 08/2003. Foto Gutierrez Lhamas Coelho

A estação em 02/2004. Foto Fernando Picarelli

A estação em 2005. Foto da Secretaria Municipal da Cultura de Araguari

A estação em obras, setembro de 2012. Foto Glaucio Henrique Chaves
 
     
Atualização: 22.12.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.