A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Engenheiro Lisboa
Tancredo França
Peirópolis
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...

 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1926-1976)
TANCREDO FRANÇA (antiga ERIAL)
Município de Uberaba, MG (veja o local)
Linha do Catalão - km 563,145 (1937)   MG-0296
Altitude: 788 m   Inauguração: 1926
Uso atual: depósito (2015)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha do Catalão foi construída entre 1888 e 1889 até Uberaba, tendo chegado em 1895 a Uberabinha (Uberlândia) e 1896 a Araguari. Continuação da linha do Rio Grande a partir da estação de Jaguara, às margens do rio Grande e já em território mineiro, a idéia da Mogiana era alcançar Catalão, em Goiás (daí o nome) e dali seguir para Belém do Pará, coisa que nunca aconteceu. Na verdade, a E. F. de Goiás acabou por construir esse trecho, chegando até Goiânia e Brasília. Em 1915, o ramal de Igarapava foi prolongado para além de Igarapava de forma a alcançar a linha do Catalão um pouco antes de Uberaba, em Rodolfo Paixão. A nova linha provou ser mais econômica do que o trecho da linha do Catalão entre o rio Grande e Uberaba, trecho este que foi abandonado definitivamente em 1976, depois de ser separado da linha do Rio Grande em 1970 por causa da construção da represa de Jaguara. O trecho a partir de Uberaba foi, então, incorporado ao ramal de Igarapava e, em 1979, totalmente retificado a partir de Ribeirão Preto até Araguari. Trens de passageiros percorreram o trecho até 1979 e depois o trecho retificado até 1997, quando foram suprimidos, já pela Fepasa.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Erial foi inaugurada em 1926. Em 1960, teve o nome alterado para Tancredo França. Nesta estação, havia

ACIMA: Fazenda Erial, de Tancredo França, com uma chave ali construída pela Mogiana. O ano é 1907. Provavelmente foi esta chave que deu origem à estação de Erial em 1926 ´no mesmo local ou em local próximo (O Malho, 11/5/1907).


Tancredo França, c. 1900

troca de staff, e por volta de 1965 era comum os ferroviários dali amarrarem bilhetinhos no bastão de staff para o maquinista providenciar remédios em Uberaba ou em Conquista. Havia uma colônia de casas de turma 4 km à frente dessa estação, que era onde Vicente, portador da Mogiana na época, trabalhou na primeira metade dos anos 1960. Os últimos trens que circularam na linha Jaguara-Uberaba fizeram-no em março de de 1976, mas estavam fazendo apenas o trecho Conquista-Tancredo França
quando acabaram. Um trecho servido por um trem misto diário apenas, que "além de não oferecer segurança para o transporte de carga, era inaquedado para passageiros, pois não tinha horário fixo"; No entanto, a FEPASA anunciava que conservaria o trecho Tancredo França-Uberaba para poder transportar cimento de Ponte Alta. (OESP, 16/3/1976). Tal teria acontecido por causa de um desastre na linha que fe-la ficar com tráfego suspenso no outro trecho por alguns anos. A ex-estação estava em 2002 em ruínas e fazia parte da fazenda Erial, da família França, daí o seu nome Tancredo França, o patriarca da família. Conservava ainda sua arquitetura, caixa d'água e outros prédios, mas era então uma espécie de depósito da referida fazenda. "(A fazenda) É um belo conjunto. Ainda possui uma escola "estadoal" antiga, fechada, da década de 1920. Uma bela igreja, fechada. Algumas ruínas, galpões, uma fábrica de manteiga e o belo casarão da fazenda. A estação também está em razoável estado de conservação, telhado em bom estado, não possui problemas estruturais. Só vidros quebrados, esquadrias de madeiras um pouco vandalizadas, piso de tabuado corrido apodrecido em determinados trechos. O resto está em bom estado. Resultado dos proprietários que cuidam de tudo como podem e, segundo me disseram, sem receber nem pelo menos um "muito obrigado" de governo nenhum" (Glaucio Henrique Chaves, 2/2012).
(Fontes: Glaucio Henrique Chaves; Domingos Tiveron Filho; Gilmar de Oliveira; Vicente Alves Pereira; O Estado de S. Paulo, 16/3/1976; Cia. Mogiana: relatório oficial de estações, 1937; Cia. Mogiana: relatórios anuais, 1900-69)
     

A estação, em 07/1986. Na época da foto estava sendo usada como depósito de máquinas, Foto Domingos Tiveron Filho

A estação, em 07/1986. Foto Domingos Tiveron Filho

Janela da estação de Tancredo França em 2015. Foto Glaucio H. Chaves
     
     
Atualização: 01.05.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.