A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Java
Pedra Branca
Ponte Alta
...

Ramal de Rib. Bonito-1950
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2004
...
 
C. E. F. do Dourado (1924-1949)
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1949-1969)
PEDRA BRANCA
Município de Boa Esperança do Sul, SP
Tronco CEFD - km 52,917 (1929)
Ramal de Ribeirão Bonito - km 79,482
  SP-0232
Altitude: 588,000 m   Inauguração: 20.10.1924
Uso atual: moradia (2004)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1924
 
 
HISTORICO DA LINHA: Em maio de 1894, foi entregue o ramal de Ribeirão Bonito pela Cia. Paulista, saindo da estação de São Carlos, no tronco, e com ponto terminal em Ribeirão Bonito, em bitola métrica. Em 1900, a Cia. E. F. do Dourado (Douradense) abriu uma linha que unia Ribeirão Bonito a Dourado, com bitola de 60 cm. Em 1910, o tronco da Douradense atingiu Ibitinga e mesmo ano sofreu modificações, aumentando-se a bitola para métrica e alterando a ligação Ribeirão Bonito-Trabiju, colocando a estação de Dourado como ponta de um curto ramal. Somente em 1939 a Douradense prolongou a linha, chegando até Novo Horizonte. Em 1949, a Paulista adquiriu a Douradense, adicionando a sua linha-tronco ao ramal de Ribeirão Bonito, que agora ligaria São Carlos a Novo Horizonte diretamente. Em 1966, a linha entre Ibitinga e Novo Horizonte foi suprimida, e em 3 de janeiro de 1969, todo o ramal de Ribeirão Bonito foi desativado. Os trilhos foram retirados pouco tempo depois.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Pedra Branca foi inaugurada pela E. F. Dourado em 1924 (*R-CEFD). “Em 20 de outubro de 1924, foi aberta ao trafego de passageiros e mercadorias a estação de Pedra Branca, situada entre as estações de Java e Ponte Alta, no kil. 40. Esse edificio que augmenta o número dos que temos, deve-se à iniciativa do Snr. Reginaldo Filpi e outras pessoas da localidade, que promoveram a construção à sua custa e fizeram doação por escritura pública à Companhia” (do relatório no. 9 da CD, 1925).

Em 1932, o pátio da estação foi fechado com cerca de trilhos.

Em 1949 passou a integrar a rede da Cia. Paulista.

No início de 1969, o então ramal de Ribeirão Bonito foi extinto e a estação, desativada. Em 2004 servia de residência para algumas famílias, assim como as outras casas da antiga vila ferroviária. A placa na plataforma, com o nome da antiga estação, insiste em permanecer ali. Ela está situada às margens da estrada de asfalto que liga Boa Esperança do Sul a Gavião Peixoto, e era um bairro de no máximo umas vinte casinhas, que não deve ter mudado nada desde o fim do trem.

ACIMA: A estação de Pedra Branca vista do alto, em 1939. A estação era a maior construção da vila - talvez ainda seja hoje. Os trilhos passavam pela estação como uma grande reta que pode ser vista de um canto ao outro da fotografia. A vila não cresceu muito desde então, mas nessa época o trem era a melhor forma de lá se chegar (Acervo do Instituto Geográfico e Geológico de São Paulo).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Irani Seisdedos; Alberto Del Bianco; Cia. Paulista: relatórios anuais, 1949-69; Cia. E. F. do Dourado: Relatórios anuais, 1900-48; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

Brincando na plataforma da estação de Pedra Branca, em 1949. Foto enviada por Irani Seisdedos

A placa de Pedra Branca em 14/09/2000. Ao fundo, casas da antiga vila ferroviária. Foto Ralph M. Giesbrecht

Antiga estação de Pedra Branca em 14/09/2000. Foto Ralph M. Giesbrecht

Antiga estação de Pedra Branca em 14/09/2000. Foto Ralph M. Giesbrecht
   
     
Atualização: 30.10.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.