A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Itamataí
Sertãozinho
Duas Estradas
...

Linha Norte - 1950
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
Great Western (1904-1950)
Rede Ferroviária do Nordeste (1950-1975)
RFFSA (1975-1997)
SERTÃOZINHO
Município de Sertãozinho, PB
Linha Norte - km 266 (1960)   PB-3703
    Inauguração: 01.01.1904
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha que originalmente unia a estação de Brum, no Recife, a Pureza, próximo à divisa entre Pernambuco e Paraíba, foi aberta de 1881 a 1883 pela Great Western do Brasil, empresa inglesa que tinha a posse e a concessão da E. F. Recife ao Limoeiro. Esta linha avançou até Pilar, na antiga E. F. Conde D'Eu, incorporada à GW em 1901, onde sua linha, aberta em 1883, entre outros ramais, avançava até Nova Cruz, já no Rio Grande do Norte e da E. F. Natal a Nova Cruz, que também passou à GW, na mesma época. Para ligar estas duas últimas, a GW construiu em 1904 um trecho de 45 km, formando então o que veio a ser chamado de Linha Norte. Quando ocorreu a venda da GW para a Rede Ferroviária do Nordeste, no entanto, o trecho do RN já não mais pertencia à GW, mas foi incorporado à RFN, e em 1957 tudo isso foi uma das formadoras da RFFSA. A linha está ativa até hoje sob o controle da CFN, que obteve a concessão da malha Nordeste em 1996, mas trens de passageiros não circulam mais por essa linha desde os anos 1980.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Sertãozinho foi inaugurada em 1904. Era na época uma pequena povoação à margem da linha férrea Guarabira-Nova Cruz. Existe ali uma capela do Coração de Jesus, cuja imagem foi oferta da esposa do engenheiro Bochum, que trabalhou na construção da ferrovia. A estação era o local onde embarcavas e desembarcavas os viajantes do trem de passageiros, chamado de “Bacurau”, porque passava às 4h00min da madrugada vindo do Recife e só retornava a tarde. Os viajantes que não moravam em Sertãozinho deslocavam-se, a pé ou a cavalo, de

ACIMA: João Maria de Araújo ("Seu" Dão), chefe de estação em Sertãozinho, posando no interior desta, nos anos 1950 ou 60 (http://joseliocarneiro.blogspot.com).
suas localidades: Lagoa de Baixo, Guabiraba, São José, Carapuça, Gravatá de Piabas, Mascate, Boa Ventura e outros sítios até Sertãozinho. A estação foi oficialmente desativada em 9/7/1979 pela RFFSA e foi destruída na década de 1980 pelos próprios moradores por entenderem que desativada não tinha nenhum valor para a cidade. A estação de Sertãozinho era semelhante as estações do ramal, ou seja, semelhante a estação de Duas Estradas e Caiçara, que também foram desativadas no mesmo período. Foi graças a rede ferroviária que Sertãozinho tinha a facilidade de exportar seus produtos para as feiras das cidades circunvizinhas.
(Fontes: Jônatas Rodrigues, 05/2006; http://governojovemsertaozinho.blogspot.com; http://joseliocarneiro.blogspot.com; Guias Levi, 1932-1984; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     


A estação, provavelmente anos 1960. http://governojovemsertaozinho.blogspot.com

     
Atualização: 29.05.2011
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.