A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Igapó
Estação do Padre
...

EFCRN - 1940
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...

 
E. F. Central do Rio Grande do Norte (1906-1917)
ESTAÇÃO DO PADRE
Município de Natal, RN
Linha tronco da EFCN - km 0   RN-3392
    Inauguração: 1906
Uso atual: em ruínas   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1906
 
 
HISTORICO DA LINHA:
 
A ESTAÇÃO: A EFCRN começou a ser construída em 1904, para ajudar as áreas assoladas pelas secas. O primeiro trecho a ser concluído foi o de Natal a Ceará-mirim, que foi feito antes da construção da ponte de ferro de Igapó. Os trens paravam em uma estação que ficava do outro lado do rio Potengi, de frente para Natal, e então atravessava-se por meio de barcos para a cidade. Ela ficou conhecida como Estação do Padre (ou Pedra Preta), e suas ruínas existem até hoje. A ponte só seria construída em 1916 e a Estação do Padre seria então desativada. A estação ficava praticamente na beira do rio, os trilhos atravessavam o mangue sobre um aterro. Ela não era tão grande assim, o que aparece na foto (abaixo, de 2004) são os alicerces da estação, pois as paredes ruiram totalmente. "Até 1917, a estação que recebia todo o fluxo de passageiros e mercadorias da Estrada de Ferro Central do Rio Grande do Norte (EFCRGN) era a da Pedra Preta, mais conhecida como Estação do Padre, situada na margem esquerda do rio Potengi, de onde se atravessava para Natal através de embarcações. (Figura 01) Com a conclusão da ponte de Igapó, em 1916, finalmente a esplanada Silva Jardim poderia ser ligada diretamente aos trilhos da Ferrovia. Mas a integração com a esplanada não seria tão simples. Enquanto não se concluíam os estudos e as desapropriações necessárias para ligar a linha ao pátio, foram feitas algumas improvisações. O escritório da Central, localizado no pátio da Great Western, que antes recebia no seu cais os passageiros e mercadorias da Estação da Pedra Preta, com a chegada dos trilhos vira a estação terminal provisória de passageiros da EFCRGN. A ferrovia faz um acordo com a Great Western para utilizar seus trilhos no trecho entre Igapó e Natal. A estação provisória só era utilizada para o tráfego de passageiros, enquanto que a Estação da Pedra Preta continuou sendo utilizada para transporte de mercadorias e a Parada de Igapó para desembarque de animais" (RODRIGUES, Wagner do Nascimento. Caminhos de água e de ferro, 2006).(Fonte: Wagner do Nascimento Rodrigues, 01/2006).

ACIMA: As linhas da Natal-Nova Cruz (para o sul) e Central do RN (para o nordeste), com a linha em vermelho mostrando o percurso inicial da EFCRN antes da construção da ponte do Igapó ( Cessão Wagner Rodrigues).
     

A estação ainda em funcionamento. Sem data. Acervo Wagner Rodrigues

A estação do Padre, por volta de 1910. É o pequeno prédio ao fundo, onde está marcado "Pedra Preta". Acervo Wagner N. Rodrigues

Ruínas da estação do Padre. Em primeiro plano, o rio Potengi. Foto Leandro Renovato
     
Atualização: 15.01.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.