A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Estações da linha
...
Aquiles Lobo
Posto 349
Assis Ribeiro
...
 
 
V. F. Centro-Oeste (1966-1975)
RFFSA (1975-1996)
POSTO 349 (POSTO PTB)
Município de Divinópolis, MG
Linha do Paraopeba - km 552,587 (2008)   MG-4195
  Inauguração: 1966
Uso atual: abandonada   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
HISTORICO DA LINHA: A Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM) foi aberta em 1880, ligando com bitola de 0,76 cm as estações de Sitio (Antonio Carlos) e Barroso. Mais tarde foi prolongada até São João Del Rey (1881), atingindo Aureliano Mourão em 1887, onde havia uma bifurcação, com uma linha chegando a Lavras em 1888 e a principal seguindo para o norte atingindo finalmente Barra do Paraopeba em 1894. Dela saíam diversos e pequenos ramais. A linha foi extinta em pedaços, tendo sido o primeiro em 1960 (Pompeu-Barra) e o último, em 1984 (Antonio Carlos-Aureliano), com exceção do trecho S. J. Del Rey-Tiradentes que e conserva em atividade até hoje. Também se conserva o trecho Aureliano-Divinópolis, ampliado para bitola métrica em 1960, ligando hoje Lavras a Belo Horizonte.
 
A ESTAÇÃO: O Posto do km 349, também chamado de Posto PTB, foi inaugurado possivelmente em 1966, quando da entrega da retificação da linha Lavras-Aureliano Mourão-Divinópolis, com aumento da bitola, de 76 cm para métrica. "Tem 03 linhas no pátio, uma está totalmente tomada pelo mato e um rabicho atende uma empresa para transbordo de carvão vegetal. Ao passar por esta estação, parei logo adiante (1,5 km aproximadamente) em um sítio para tomar água. Conversando com o morador, ele informou que esta estação abandonada é denominada de "PTB", ainda município de Divinópolis. Conforme pode ser visto na própria estação, a altitude é de 684,520 e a quilometragem 552,587. Fica
ACIMA: Edificações abandonadas e tomadas pelo mato no pátio do posto 349. Casas ferroviárias ou infra-estrutura para carregamentos? (Foto Carlos Miguez, agosto de 2008).
uns 6 km ao norte da estação de Aquiles Lobo. É interessante notar a similaridade com a estação de Marilândia (km 536,734), sendo executado o mesmo projeto arquitetônico" (Carlos Miguez, agosto de 2008). Está tudo abandonado.
     

A estação em agosto de 2008. Foto Carlos Miguez

A estação em agosto de 2008. Foto Carlos Miguez
     
Atualização: 12.10.2008
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.