A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Angicos
Engenheiro Gordilho
Santanense
...
 
 
RFFSA (1989-1996)
ENGENHEIRO GORDILHO
Município de Itaúna, MG
Linha Belo Horizonte-Garças - km 784,540 (1989)   MG-1676
  Inauguração: 22.04.1989
Uso atual: n/d   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Belo Horizonte-Garças de Minas foi aberta entre 1911 e 1916 pela E. F. Oeste de Minas, ligando a capital a Garças, na época parte da E. F. Goiaz e situada na zona de mineração mineira, próxima a Goiás. Somente em 1920 foi construída a estação prórpia da EFOM na capital. A linha funciona até hoje para cargueiros, tendo sido na década de 1970 o seu início na capital fundido com a Linha do Paraopeba, da Central do Brasil. O seu trecho na região metropolitana de Belo Horizonte recebeu trens de subúrbio por muitos anos, e a partir dos anos 1990 passou a ter a linha do metrô acompanhando de perto a sua linha, que ficou somente para movimento dos trens cargueiros.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Engenheiro Gordilho foi inaugurada pela RFFSA em 1989. Seu nome homenageia o engenheiro Otávio dos Reis Gordilho, que trabalhou na E. F. Oeste de Minas e depois na Rede Mineira de Viação, onde se aposentou em 1961. Foi um dos engenheiro responsáveis pela retirada dos trilhos da Rede no centro de Belo Horizonte. Estação novíssima, de pequeno porte, tinha função de posto telegráfico, para facilitar o aumento de carga que se previa na época na linha BH-Brasilia. Na sua inauguração era um pátio de cruzamento de trens, com uma linha direta, um desvio morto e um desvio de 1040 metros. Eram previstos para passagem de comboios cargueiros de até 2200 toneladas. Na época, os trtens de passageiros daquela linha já não existiam. (*Fonte: Boletim oficial de divulgação da RFFSA, 1989)
     

A estação em 1989. Foto RFFSA, cortesia José E. Buzelin

A estação em junho de 1990. Foto Hugo Caramuru
   
     
Atualização: 19.08.2007
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.