A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
RMV - Linha-tronco
...
Três Ranchos
Ouvidor
Catalão
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...

 
Rede Mineira de Viação (1942-1965)
V. F. Centro-Oeste (1965-1975)
RFFSA (1975-c.1979)
OUVIDOR
Município de Ouvidor, GO
Linha-Tronco - km 1.080,620 (1960)   GO-1235
Altitude: 811 m   Inauguração: 11.11.1942
Uso atual: desconhecido   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1942
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da RMV foi construída originalmente pela E. F. Oeste de Minas a partir da estação de Ribeirão Vermelho, onde a linha de bitola de 0,76 chegou em 1888. A partir daí, a EFOM iniciou seu projeto de ligar o sul de Goiás a Angra dos Reis, passando por Barra Mansa por bitola métrica: construída em trechos, somente em 1928 a EFOM chegou a Angra dos Reis, na ponta sul, e no início dos anos 1940 a Goiandira, em Goiás, na ponta norte, e já agora como Rede Mineira de Viação. A linha chegou a ser eletrificada entre Barra Mansa e Ribeirão Vermelho, e transportou passageiros até o início dos anos 1990. Nos anos 1970, o trecho final norte entre Monte Carmelo e Goiandira foi erradicado devido à construção de uma represa no rio Paranaíba, e a linha foi desviada para oeste encontrando Araguari. Hoje (2003) a linha, já não mais eletrificada, é operada pela concessionária FCA.
 
A ESTAÇÃO: Já existia uma estação em Ouvidor desde o ano de 1922. Era a ponta do ramal Goiandira-Catalão-Ouvidor, da E. F. Goiaz.

Essa estação aparentemente foi desativada quando a linha da RMV chegou à cidade em 1942, para fazer a ligação Monte Carmelo-Patrocínio-Ouvidor e ligar Goiandira a Angra dos Reis através da linha-tronco da RMV.

Uma nova estação, em ponto diferente, foi construída para atender a nova linha e o antigo ramal vindo de Goiandira foi desativado. A estação foi inaugurada oficialmente dois anos depois. "Em 11 de fevereiro de 1944, com a presença dos chefes de governo mineiro e goiano, representantes dos Srs. Ministro da Viação e Diretor Geral do Departamento Nacional de Estradas de Ferro e altas autoridades federais e estaduais, foi oficialmente inaugurada a linha Patrocínio a Ouvidor, com a extensão de 179 km, construída pela Rede Mineira de Viação. A construção desta importante ligação ferroviária era velha aspiração de mineiros e goianos, que por muitos anos pleitearam a realização dessa obra, a fim de que os produtos da economia de Goiaz e do nordeste de Minas pudessem atingir o porto de Angra dos Reis em linha direta, pela Rede Mineira de Viação. São inumeráveis as consequências econômicas que advêm da ligação de Minas ao Estado de Goiaz. Toda a zona agropecuária que se estende paralelamente aos novos trilhos da Rede ficou em condições de escoar rapidamente a sua produção, fazendo-a chegar ao litoral brasileiro depois de atravessar vasta região do nosso território" (Texto extraído supostamente do relatório da RMV para 1944). As datas oficiais, entretanto, de inauguração do trecho Monte Carmelo-Ouvidor acusam 11/11/1942 para todas as estações deste trecho, e para o trecho Patrocínio-Monte Carmelo, a data seria 1937.

Aparentemente a inauguração descrita acima, em 1944, seria uma data política e ocorreu dezesseis meses após a efetiva entrega da segunda parte do trecho citado.

De qualquer forma, nos anos 1970, o trecho entre Celso Bueno e Catalão, que passava por Ouvidor, foi desativado por causa da construção de uma represa sobre o rio Paranaíba e a estação foi desativada também. (Veja também OUVIDOR DA E. F. GOIAZ)
     

 
   
     
Atualização: 05.09.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.