A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
José Otávio
São Domingos
São Martim
...

Mapa da linha - 1940
...
 
 
Cie. Auxiliaire des Chemins de Fer au Brésil (1900-1920)
V. F. Rio Grande do Sul (1920-1975)
RFFSA (1975-1996)
SÃO DOMINGOS
Município de Bagé, RS
Linha Cacequi-Maritima - km 825,980 (1960)   RS-3870
Altitude: 306,97 m   Inauguração: 08.10.1900
Uso atual: em ruínas   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha foi construída em partes: pela Southern Brazilian Rio Grande do Sul Railway Company Limited, sucessora de uma série de concessões anteriores, a Bagé-Marítima, em 1884. De Cacequi a São Gabriel, em meados de 1896 e de São Sebastião a Bagé, no final do mesmo ano, ambos pela pela E. F. Porto Alegre-Uruguaiana. Em 1900, a união São Sebastião-São Gabriel completaria o trecho Bagé-Rio Grande. Era uma linha de grande utilidade pois transportava gado e charque para o porto do Rio Grande, apesar de, no final do século 19, ter baixo movimento por causa dos altos preços do frete, dos maus serviços e da interrupção do serviço dos trens pela Revolução Federalista. Os trens de passageiros partiam de Livramento, em outra linha, chegavam a Cacequi e dali até Bagé. Em Bagé, havia que se trocar de trem para chegar a Rio Grande. Uma série de variantes foi entregue entre 1968 e os anos 1980 - Pedras Altas, Três Estradas, Pedro Osório, Pelotas - que encurtaram e melhoraram seu traçado, eliminando diversas das estações originais. Até 1982 as linhas ainda transportavam passageiros, quando o serviço foi interrompido devido ao desabamento de uma ponte em Pedro Osorio; uma nova linha foi construída logo depois. O transporte de passageiros retornou algum tempo depois mas com trens mistos, que duraram até meados dos anos 1990.
 
A ESTAÇÃO: A estação de São Domingos foi inaugurada em 1900.

Em 1962, o local onde estava a estação era descrito como "um povoado entre as cabeceiras do arroio Piraisinho, onde existe também um estabelecimento saladeril, fundado em 1904 por uma companhia anônima, passando depois à firma Tamborin de Guy & Cosata".

A estação estava em ruínas em 1998. Era semelhante à estação de Sao Sebastião, não muito distante dali na mesma linha.

1920
AO LADO:
Acidente na estação interdita linhas e atrasa os trens (O Estado de S. Paulo, 1/4/1920).

ACIMA: Pode-se ver a guarita da entrada da estação de São Domingos. Vê-se ao fundo, quando a linha desaparece na curva para a esquerda, um edifício que pode ser a estação... ou não. A guarita está em ruínas; o tipo de pátio e de guarita parece dar a impressão de que esta seria uma nova versão da estação original de São Domingos, numa variante... uma suposição que não pude comprovar até agora (Foto Alfredo Rodrigues em 1998).

(Fontes: Alfredo Rodrigues; Guias Levi, 1940-81; Relatórios da VFRGS, 1920-68; Engo. Ariosto Borges Ferreira: Viação Férrea Rio Grande do Sul, Suas Estações e Paradas, 1962)
     

A estação de São Domingos estaria no meio do arvoredo à direita na foto de 1998 - já em ruínas. Foto Alfredo Rodrigues
 
     
     
Atualização: 15.09.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.