A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Comendador Ermelino
São Miguel Paulista
Vila Mara-Jardim Helena
...

variante de Poá - 1970
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2011
...

 
E. F. Central do Brasil (1926-1975)
RFFSA (1975-1994)
CPTM (1994-)
SÃO MIGUEL PAULISTA
(antiga SÃO MIGUEL e BAQUIRIVU)
Município de São Paulo, SP
Variante de Poá - km 481,501   SP-0761
Altitude: 738 m   Inauguração: 07.02.1926
Uso atual: estação de trens metropolitanos   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 2013/2014
 
 
HISTORICO DA LINHA: A variante de Poá, também chamada de variante de Calmon Viana, teve a construção iniciada em 1921, mas a linha foi aberta somente em 6/9/1933, depois de uma interrupção de oito anos nas obras. Ela tinha um traçado mais suave em termos de curvas e aclives quando comparada com a linha original que seguia de Poá ao Tatuapé, no ramal de São Paulo, daí sua construção. Começava na estação de Calmon Viana e terminava na Sexta Parada (Eng. Gualberto) do ramal de São Paulo. Com o tempo, foi se transformando em linha de trens de subúrbio, os trens metropolitanos de hoje, e é uma das linhas mais movimentadas da CPTM em São Paulo, embora com os piores trens.
 
A ESTAÇÃO: Como quase todas as estações da variante de Poá, a estação de São Miguel foi inaugurada oficialmente em 1926, data em que o primeiro trem de passageiros trafegou pelo ramal.

Fechado o tráfego poucos meses depois, ele e a estação foram reabertos somente em 1933.

Era a segunda estação da Central com esse nome. A primeira havia sido a de Itaquera, aberta em 1876 com o nome de São Miguel, pois estava no meio de nada, sendo o lugar mais próximo à vila de São Miguel.

Em 1945, o nome da estação e do bairro foram alterados para Baquirivu.
A mudança durou pouco tempo, sendo revertida para o velho nome de São Miguel, mais o nome "Paulista".

Um novo prédio para a estação foi entregue em 10/6/1982 pelo ministro dos Transportes, Cloraldino Severo. Atende hoje aos trens da CPTM.

Em 29 de julho de 2013, novo prédio foi entregue - o terceiro. A estação foi implantada um pouco mais à frente, no sentido Braz. Após alguns atrasos, a nova estação foi entregue, porém só com a via no sentido Braz funcionando, pois, para embarcar no sentido Poá, ainda era preciso utilizar a estrutura antiga. Em 3 de agosto de 2013, a nova estação passou a funcionar definitivamente nos dois sentidos, sendo desativada a antiga estação, na Rua Salvador de Medeiros.

A nova estação foi inaugurada apenas com o acesso sul, próximo à praça Padre Aleixo; em 21 de outubro de 2014 foi inaugurado o acesso norte, feito pelo Jardim Lapenna. Assim, pode-se também passar de um lado para o outro, servindo de passarela de interligação entre os bairros.

O deslocamento da estação de sua localização original causou prejuízos ao centro comercial de São Miguel, em especial ao calçadão da rua Serra Dourada, implantado em 1979 em frente à saída sul da antiga estação, sendo o único do seu tipo fora da região central de São Paulo.

Apesar do protesto dos comerciantes locais e da promessa do projeto de um novo acesso para a estação reconstruída feita em 2013, que atenderia as ruas Salvador de Medeiros e Serra Dourada, nenhuma obra foi realizada até o momento (Fonte sobre a construção e entrega da nova estação: Wikipedia).

1939
AO LADO:
Acidente na estação de São Miguel (O Estado de S. Paulo, 19/9/1939).

1945
AO LADO:
Em 1945, a mudança de nome para Baquirivu - que não durou muito tempo (Folha da Manhã, 29/8/1945).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Alberto del Bianco; William Gimenez; Antonio Soukhef; Google Maps; Wikipedia; O Estado de S. Paulo, 7/9/1933 e 1939; Folha da Manhã, 1945; Revista Ferrovia no. 84, 1982)
     

A estação em 1939. Foto O Estado de S. Paulo publicada em 27/7/1939

A estação original de São Miguel, em 1945. Foto cedida por Antonio Soukhef

A estação, nos anos 1970. Foto Alberto del Bianco

Planta da nova estação. Revista Ferrovia no. 84, 1982

Localização do prédio e plataforma da nova estação. Revista Ferrovia no. 84, 1982

Plataforma da estação, anos 1990. Ver plataforma longa que parecia não existir ainda mas fotos anteriores. Foto cedida por William Gimenez

A estação atual em 2015. Foto Google Maps
   
     
Atualização: 12.10.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.