A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Pantojo
Alumínio
Piragibu
...

Tronco EFS-1935

IBGE-1960
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 1998
...
 
Cia. União Sorocabana e Ytuana (1899-1905)
E. F. Sorocabana (1905-1971)
FEPASA (1971-1998)
ALUMÍNIO
Município de Alumínio, SP
Linha-tronco - km 79,114 (1931)   SP-0908
Altitude: 780 m   Inauguração: 1899
Uso atual: fechada (2011)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1926
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Sorocabana foi fundada em 1872, e o primeiro trecho da linha foi aberto em 1875, até Sorocaba. A linha-tronco se expandiu até 1922, quando atingiu Presidente Epitácio, nas margens do rio Paraná. Antes, porém, a EFS construiu vários ramais, e passou por trocas de donos e fusões: em 1892, foi fundida pelo Governo com a Ytuana, na época à beira da falência. Em 1903, o Governo Federal assumiu a ferrovia, vendida para o Governo paulista em 1905. Este a arrendou em 1907 para o grupo de Percival Farquhar, desaparecendo a Ytuana de vez, com suas linhas incorporadas pela EFS. Em 1919, o Governo paulista voltou a ser o dono, por causa da situação precária do grupo detentor. Assim foi até 1971, quando a EFS foi uma das ferrovias que formaram a estatal FEPASA. O seu trecho inicial, primeiro até Mairinque, depois somente até Amador Bueno, desde os anos 20 passaram a atender principalmente os trens de subúrbio. Com o surgimento da CPTM, em 1994, esse trecho passou a ser administrado por ela. Trens de passageiros de longo percurso trafegaram pela linha-tronco até 16/1/1999, quando foram suprimidos pela concessionária Ferroban, sucessora da Fepasa. A linha está ativa até hoje, para trens de carga.
 
A ESTAÇÃO: A estação, ou mais provavelmente uma parada, de Rodovalho foi inaugurada em 1899 (aparece em algumas fontes como tendo sido inaugurada em 1875, no início das atividades da linha, mas isso não parece correto), para descarregar operários e materiais para a fábrica de cimento que o Coronel Rodovalho (o mesmo que havia instalado uma fábrica em Caieiras, na SPR, e que daria origem àquela estação) viria a instalar finalmente em 1903.

A estação levou o seu nome. Alguns anos mais tarde, a fábrica foi adquirida por Antonio Pereira Inácio, fundador do futuro Grupo Votorantim, passou a fabricar também vidros, mas acabou sendo desativada em 1923.

Em 1926, foi construído o prédio da estação atual, com a retificação e duplicação da linha. Nas fotos pode-se ver que a estação original ficava do outro lado da linha.

O nome atual, Alumínio, foi dado por causa da construção da usina do Grupo Votorantim (Companhia Brasileira de Alumínio, CBA), que substituiu a antiga fábrica de cimento e rebatizou a estação a partir de 1946.

Em 1951, houve uma proposta da própria Sorocabana para se alterar o nome da estação para Pereira Inácio, nome do fundador do Grupo Votorantim (Relatório da EFS, 1951). A sugestão não vingou.

A cidade tornou-se município em 1993. A estação de Alumínio estava fechada ao público em 2010, pois está dentro da área da CBA e parece sem uso.

OBRAS OCORRIDAS NA ESTAÇÃO E SEU PÁTIO DE ACORDO COM RELATÓRIOS DA EFS: 1926 - Extensão dos desvios para 300 m;

1924
AO LADO:
De Rodovalho saía de trem o material para o calçamento das ruas de Sorocaba (O Estado de S. Paulo, 13/4/1924).

ACIMA: Trem de passageiros da Sorocabana chegando à estação de Rodovalho em 1919 (Fon-Fon, março 1919). ABAIXO: Pátio de Alumínio com a estação, hoje, como ontem, ao lado da fábrica (Foto Stenio Gimenez em 2 de abril de 2008).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Douglas Nascimento; Daniel Gentili; William Imkamp Martins; Tiago Amato; Stenio Gimenez; A. C. Cardoso; Kelso Medici; O Estado de S. Paulo, 1924; Fon-Fon, 1919; E. F. Sorocabana: relatórios oficiais, 1875-1969; IBGE, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht
     

A estação antiga de Rodovalho, À esquerda, em foto de 1917. Autor desconhecido

Granizo no pátio de Rodovalho, em 1931. Acervo A. C. Cardoso

Granizo no pátio de Rodovalho, em 1931. Acervo A. C. Cardoso

O agente Francisco Camargo e seu filho, em Rodovalho, 1931. Acervo A. C. Cardoso

Ainda a estação antiga, com a linha já eletrificada; a data é, no mínimo, 1945. Aparentemente os dois prédios coexistiram por algum tempo. Autor desconhecido

A estação atual, fechada, em 20/02/1998. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação ainda ali, do mesmo jeito, em 18/08/2001. Foto Kelso Medici

A estação em 9/2010. Foto William Imkamp Martins

A estação em 9/2010. Foto William Imkamp Martins
     
Atualização: 15.10.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.