A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Pantojo
Alumínio
Piragibu
...

Tronco EFS-1935

IBGE-1960
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 1998
...
 
Cia. União Sorocabana e Ytuana (1899-1905)
E. F. Sorocabana (1905-1971)
FEPASA (1971-1998)
ALUMÍNIO
Município de Alumínio, SP
Linha-tronco - km 79,114 (1931)   SP-0908
Altitude: 780 m   Inauguração: 1899
Uso atual: fechada   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1926
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Sorocabana foi fundada em 1872, e o primeiro trecho da linha foi aberto em 1875, até Sorocaba. A linha-tronco se expandiu até 1922, quando atingiu Presidente Epitácio, nas margens do rio Paraná. Antes, porém, a EFS construiu vários ramais, e passou por trocas de donos e fusões: em 1892, foi fundida pelo Governo com a Ytuana, na época à beira da falência. Em 1903, o Governo Federal assumiu a ferrovia, vendida para o Governo paulista em 1905. Este a arrendou em 1907 para o grupo de Percival Farquhar, desaparecendo a Ytuana de vez, com suas linhas incorporadas pela EFS. Em 1919, o Governo paulista voltou a ser o dono, por causa da situação precária do grupo detentor. Assim foi até 1971, quando a EFS foi uma das ferrovias que formaram a estatal FEPASA. O seu trecho inicial, primeiro até Mairinque, depois somente até Amador Bueno, desde os anos 20 passaram a atender principalmente os trens de subúrbio. Com o surgimento da CPTM, em 1994, esse trecho passou a ser administrado por ela. Trens de passageiros de longo percurso trafegaram pela linha-tronco até 16/1/1999, quando foram suprimidos pela concessionária Ferroban, sucessora da Fepasa. A linha está ativa até hoje, para trens de carga.
 
A ESTAÇÃO: A estação, ou mais provavelmente uma parada, de Rodovalho foi inaugurada em 1899 (aparece em algumas fontes

OBRAS OCORRIDAS NA ESTAÇÃO E SEU PÁTIO DE ACORDO COM RELATÓRIOS DA EFS: 1926 - Extensão dos desvios para 300 m;


ACIMA: Trem de passageiros da Sorocabana chegando à estação de Rodovalho em 1919 (Fon-Fon, março 1919).
como tendo sido inaugurada em 1875, no início das atividades da linha, mas isso não parece correto), para descarregar operários e materiais para a fábrica de cimento que o Coronel Rodovalho (o mesmo que havia instalado uma fábrica em Caieiras, na SPR, e que daria origem àquela estação) viria a instalar finalmente em 1903. A estação levou o seu nome. Alguns anos mais tarde, a fábrica foi adquirida por Antonio Pereira Inácio, fundador do futuro Grupo Votorantim, passou a fabricar também vidros, mas acabou sendo desativada em 1923. Em 1926, foi construído o prédio da estação atual, com a retificação e duplicação da linha. Nas fotos pode-se

ACIMA: Pátio da estação de Alumínio com a estação, hoje, como ontem, ao lado da fábrica (Foto Stenio Gimenez em 2 de abril de 2008).
ver que a estação original ficava do outro lado da linha. O nome atual, Alumínio, foi dado por causa da construção da usina do Grupo Votorantim (Companhia Brasileira de Alumínio, CBA), que substituiu a antiga fábrica de cimento e rebatizou a estação a partir de 1946. Em 1951, houve uma proposta da própria Sorocabana para se alterar o nome da estação para Pereira Inácio, nome do fundador do Grupo Votorantim (Relatório da EFS, 1951). A sugestão não vingou. A cidade tornou-se município em 1993. A estação de Alumínio está fechada ao público, pois está dentro da área da CBA e parece fechada e sem uso.
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Douglas Nascimento; Daniel Gentili; William Imkamp Martins; Tiago Amato; Stenio Gimenez; A. C. Cardoso; Kelso Medici; Fon-Fon, 1919; E. F. Sorocabana: relatórios oficiais, 1875-1969; IBGE, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht
     

A estação antiga de Rodovalho, À esquerda, em foto de 1917. Autor desconhecido

Granizo no pátio de Rodovalho, em 1931. Acervo A. C. Cardoso

Granizo no pátio de Rodovalho, em 1931. Acervo A. C. Cardoso

O agente Francisco Camargo e seu filho, em Rodovalho, 1931. Acervo A. C. Cardoso

Ainda a estação antiga, com a linha já eletrificada; a data é, no mínimo, 1945. Aparentemente os dois prédios coexistiram por algum tempo. Autor desconhecido

A estação atual, fechada, em 20/02/1998. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação ainda ali, do mesmo jeito, em 18/08/2001. Foto Kelso Medici

A estação em 9/2010. Foto William Imkamp Martins

A estação em 9/2010. Foto William Imkamp Martins
     
Atualização: 16.12.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.