A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Cubatão
Areais
Piassagüera
...

SPR-1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: 2005
...
 
 
São Paulo Railway (1897-1946)
E. F. Santos-Jundiaí (1946-1975)
RFFSA (1975-1996)
AREAIS
Município de Cubatão, SP
Linha-tronco - km 16,400 (1935)   SP-0965
    Inauguração: 17.11.1897
Uso atual: demolido   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A São Paulo Railway - SPR ou popularmente "Ingleza" - foi a primeira estrada de ferro construída em solo paulista. Construída entre 1862 e 1867 por investidores ingleses, tinha inicialmente como um de seus maiores acionistas o Barão de Mauá. Ligando Jundiaí a Santos, transportou durante muito anos - até a década de 1930, quando a Sorocabana abriu a Mairinque-Santos - o café e outras mercadorias, além de passageiros de forma monopolística do interior para o porto, sendo um verdadeiro funil que atravessava a cidade de São Paulo de norte a sul. Em 1946, com o final da concessão governamental, passou a pertencer à União sob o nome de E. F. Santos-Jundiaí (EFSJ). O nome pegou e é usado até hoje, embora nos anos 70 tenha passado a pertencer à RFFSA, e, em 1997, tenha sido entregue à concessionária MRS, que hoje a controla. O tráfego de passageiros de longa distância terminou em 1995, mas o transporte entre Jundiaí e Paranapiacaba continua até hoje com as TUES dos trens metropolitanos.
 
A ESTAÇÃO: O posto telegráfico de Areais foi aberto em 1897. Não se tem notícias dele atualmente, nem jamais consegui uma fotografia sequer, mas segundo se sabe hoje (2005) o nome de

ACIMA: Antigo posto de Areais, na bifurcação das linhas que vão para Piassaguera e para Raiz da Serra (data e autor desconhecidos). ABAIXO: Foto tomada em Areais no ano de 1920, que mostra "o Sr. A. M. Wellington, então engenheiro residente no Alto da Serra e o Sr. Adriano Rodrigues, feitor da turma do distrito 14 e meio a 18, atualmente pensionado da SPR (...) fotografia gentilmente cedida pelo nosso prezado amigo Adolfo M. Ramos, escriturário-chefe da Engenharia no Alto da Serra" (Foto e texto Revista SPR de janeiro de 1939).


ACIMA: Esquema para se entender Areais. ABAIXO: a região como é hoje (os trilhos estã aí embora pouco aparentes) (Cortesia Google, Thomas Correa e Antonio Gorni, 2008).
Areais é o termo que o pessoal da Brasil Ferrovias usa para designar o ponto onde inicia a conexão de suas linhas com as da MRS. Tudo indica, no entanto, que Areais era mesmo ali. O préiozinho, no entanto, já desapareceu há muito.
     
     
     
     
Atualização: 12.10.2011
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.