A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Manduri
Ataliba Leonel
Piraju
...

ramal de Piraju-1935

IBGE-1960
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2010
...
 
E. F. Sorocabana (1906-1966)
ATALIBA LEONEL
Município de Manduri, SP
Ramal de Piraju - km 395,819 (1960)   SP-0952
Altitude: 565 m   Inauguração: 03.10.1906
Uso atual: abandonada   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: c.1908
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Piraju, com 26,041 km, foi aberto ao tráfego em 3 de outubro de 1906, e na época era na verdade a continuação da linha do Tibagi, nome na época do tronco da Sorocabana. A linha tinha apenas duas estações, Ataliba Leonel e Piraju, e partia da estação de Manduri. Em 1908, com a linha do Tibagi continuando a partir de Manduri, a linha de Piraju passou a ser o ramal de Piraju. A linha foi construída, na verdade, com a Câmara Municipal de Piraju bancando parte do seu custo. O ramal foi um dos dois últimos, ao lado do ramal de Santa Cruz do Rio Pardo, ali próximo, dos curtos ramais da Sorocabana a ser desativado, no final de 1966. Em seguida, os trilhos foram retirados e tudo caiu no abandono.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Ataliba Leonel foi aberta em 1906, juntamente com o ramal.

Era a única estação intermediária entre Manduri e Piraju. Seu nome era uma homenagem ao na época vereador de Piraju, Ataliba Leonel.

Desativada com o ramal em 1966, estava em 2010 dentro da "Fazenda do Governo Ataliba Leonel", na margem oeste da estrada de rodagem que liga Manduri a Piraju, fechada e abandonada; podia ser vista da estrada. E no caso, foi a estação que nomeou a fazenda, e não o contrário, como é comum.

AO LAO: A vida do General Ataliba Leonel, escrito pela Folha de S. Paulo nos anos 1960.
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Douglas Nascimento; Marcello Tallamo; E. F. Sorocabana, relatórios anuais, 1892-1969; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, provavelmente no dia da inauguração da linha (1906 ou 1908). Cessão Marcello Talamo

A estação, fechada e abandonada, em 22/10/2000. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação, fechada e abandonada, em 22/10/2000. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação, fechada e abandonada, em 22/10/2000. Foto Ralph M. Giesbrecht

Parte traseira da estação, em 14/8/2010. Foto Douglas Nascimento

A estação, em 14/8/2010. Foto Douglas Nascimento
     
Atualização: 02.12.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.