A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Virgílio Rocha
Borebi
Coronel Leite
...

ramal de Borebi - 1950
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Sorocabana (1917-1962)
BOREBI
Município de Borebi, SP
Ramal de Borebi - km 396,250 (1934)   SP-1044
Altitude: 585 m   Inauguração: 1917
Uso atual: demolido   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1917 (demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: Em 1917, a Sorocabana abriu o ramal de Borebi, saindo da estação de Virgílio Rocha, no ramal de Bauru; o ramal chegava então até a fazenda do Coronel Leite. Em 1938, foi prolongado como ramal lenheiro, até Santa Flora. O ramal deixou de operar em 1962, pela circular estadual 73/61, de 28/04/1961.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Borebi foi inaugurada com o ramal, em

OBRAS OCORRIDAS NA ESTAÇÃO E SEU PÁTIO DE ACORDO COM RELATÓRIOS DA EFS: 1934 - Construção de poço

1917. O relatório da Sorocabana de 1917 escreve que "trecho Virgílio Rocha-Rodrigo Silva passando por Borebi. Autorizado ramal

No final de 1948, obras da ligação Borebi-Quatá (seguiria até a ponta do ramal de Borebi) teriam sido iniciadas no pátio de Quatá. No entanto, não mais se ouviu falar da linha, que na época foram incentivadas pelas prefeituras de Lutécia e de Echaporã, municípios que seriam beneficiados com a passagem da linha por seus territórios. A linha, na época, era vista pela Sorocabana como uma obra que reduziria a distância entre São Paulo e a alta Sorocabana (Folha da Manhã, 10/8 e 28/12/1948).

pelo decreto 2723 de 6/10/16 do Gov. do Estado, no km 393+800 tronco, raiz da serra dos Agudos, passando por Borebi, c/ 19,500 km. Trabalhos já iniciados". Com a supressão do ramal, em 1962, a estação foi desativada. O município de Borebi, criado em 1993, utiliza o prédio da estação - ou do armazém? - como sede da Prefeitura. Na

ACIMA: A cidade de Borebi em 1939. A faixa branca curva que passa pelo limite da zona urbana (à direita na foto) é a linha da Sorocabana. A estação está à direita, área central na foto, do lado esquerdo da linha (IGGSP/EMFA).
verdade, não se conseguiu determinar se alguma das casas ferroviárias que ainda estão lá foram a estação, ou casas da vila ferroviária, ou o armazém. E agora a dúvida acabou: em maio de 2008, o prédio já havia sido demolido.
(Fontes: Adriano Martins; Carlos Cornejo; José Henrique Bellorio; Folha da Manhã, 1948; E. F. Sorocabana: relatórios anuais, 1900-69; IGGSP/EMFA; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A inauguração da estação de Borebi, em 1917. Foto cedida por Carlos Cornejo

A inauguração da estação de Borebi, em 1917. Foto cedida por Carlos Cornejo

A estação ou o armazém? Foto de 20/04/2001, por José Henrique Bellorio

A estação ou o armazém? Foto de 20/04/2001, por José Henrique Bellorio

Casa da vila ferroviária, em 12/2001. Ou a estação? Foto Adriano Martins
 
     
Atualização: 17.08.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.