A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Mata de São João
Pitanga
Pojuca
...

Linha tronco e Centro (1940)
 
 
E. F. Bahia ao São Francisco (1862-1911)
Cia. Chemins de Fer Federaux du L'Est Brésilien (1911-1935)
V. F. F. Leste Brasileiro (1935-1975)
RFFSA (1975-1996)
PITANGA
Município de Mata de São João, BA
Linha tronco - km 74,920 (1960)   BA-4107
  Inauguração: 04.08.1862
Uso atual: abandonada e em ruínas   com trilhos
Data de construção do prédio atual: anos 1940
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da Viação Ferrea do Leste Brasileiro (VFFLB) era a linha original da E. F. Bahia ao São Francisco, aberta entre 1860 e 1863 e ligando a estação da Calçada, em Salvador, à de São Francisco, em Alagoinhas, ainda bem longe do rio do mesmo nome. Esta linha foi incorporada pelo Governo baiano em 1903, repassada a outros concessionários até que em 1911 foi entregue à concessão da Cia. Chemins de Fer Federaux du L'Est Bresilien, de capital francês. Em 1935, a VFFLB foi criada pelo Governo para ficar com o acervo dos franceses, já sem interesse de mantê-la. Em 1975 foi definitivamente incorporada pela RFFSA como uma de suas divisões, depois de ter sido uma das constituintes desta, em 1957. O último trem de passageiros de longo percurso passou pela linha nos anos 1980, e hoje (2005) trafegam, no trecho Calçada-Paripe, apenas trens elétricos metropolitanos, ainda sob a batuta da CBTU. Hoje todas as linhas baianas que sobram em atividade estão sob a concessão da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA).
 
A ESTAÇÃO: A estação de Pitanga foi aberta em 1862. Nos anos 1940 foi reconstruída no lugar da estação antiga, no estilo da maioria das estações da Leste Brasileiro reconstruída nessa época. Foi demolida, sobrando apenas as típicas colunas de tijolos que caracterizam essas estações da Leste, como dito, construídas nos anos 1940. (Fontes: Ralph M. Giesbrecht; Guias Levi, edições de 1932 a 1984; Estradas de Ferro do Brazil, de Cyro Deocleciano R. Pessoa Jr., 1886)
     

Da estação de Pitanga somente sobraram as colunas. O piso foi coberto pelo mato. Foto em julho de 2008. Autor desconhecido
     
     
Atualização: 21.07.2008
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.