A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Ponta da Areia
Caravelas
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Bahia-Minas (1897-1912)
Chemins de Fer Federaux de l'Est Bresilien (1912-1936)
E. F. Bahia-Minas (1936-1965)
Viação Férrea Centro-Oeste (1965-1966)
CARAVELAS
Município de Caravelas, BA
E. F. Bahia-Minas ramal de Caravelas - km 5 (1962)   BA-0200
Altitude: -   Inauguração: 1897
Uso atual: estação rodoviária (2015)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1926
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Bahia a Minas começou a ser aberta em 1881, ligando finalmente Caravelas, no litoral baiano, à serra de Aimorés, na divisa com Minas Gerais, um ano depois. Somente em 1898 a ferrovia chegaria a Teófilo Otoni, e em 1918, a Ladainha. Em 1930 atingiu Schnoor. Em 1941, chegou a Alfredo Graça, e, em 1942, chegou em Arassuaí, seu ponto final definitivo. A ferrovia originalmente pertencia à Provincia da Bahia; em 1897 passou a ser propriedade do Estado de Minas Gerais, para, em 1912, passar a ser administrada pelos franceses da Chemins de Fer Federaux de L'Est Brésilien até 1936, retornando nesse ano a ser uma ferrovia isolada. Em 1965, foi encampada pela V. F. Centro-Oeste e finalmente extinta em 1966. Embora tenha havido planos para a união da ferrovia com a Vitória-Minas, tal nunca ocorreu e ela permaneceu isolada.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Caravelas foi inaugurada em 1897, como ponta de um curto ramal de 5 quilômetros. segundo Arysbure B. Eleuterio. Na época da construção teria havido um movimento da câmara de Caravelas para que a estação final fosse lá e não em

ACIMA: Percurso da Bahia-Minas no município de Caravelas, onde começava a linha. A estação de Caravelas está no estuário do rio Peruípe, a leste (Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, volume VI, IBGE, 1958).
Ponta de Areia, mas os engenheiros construtores não concordaram e mantiveram o local original. Parece que, entretanto, a estação de Ponta da Areia era chamada indistintamente de Ponta de Areia e de Caravelas, até a inauguração desta última, a 5 km da estação inicial, em 1897. Segundo Jeanne Albuquerque, o atual prédio foi construído em 1926: "Em 14 de junho de 1926 consta a abertura de um ramal de 4 km de Ponta de Areia para Caravelas. Eu tinha esta data para a estação de lá. Normalmente quando as pessoas falam do trecho Caravelas para Aimorés estão se referindo ao Município e não à cidade, já que Ponta de Areia faz parte de Caravelas". A estação foi fechada em 1966, com o fim das

ACIMA: Porto de Caravelas, sem data (Autor desconhecido).
atividades da ferrovia. Curiosamente, a estação não aparece no Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil de 1960, mas aparece no Guia Levi em 1962. O seu fim parece ter sido trágico, em 1966: "Tenho um recorte de uma entrevista dum agente de estacão de Caravelas, publicado no jornal O Estado de S. Paulo. Assim que a ferrovia teve o tráfego suspenso, os populares correram para saquear o que era possível. O que não foi possível de se levar foi devidamente queimado no lugar. Isso são palavras do entrevistado..." (Lourenço Paz, 12/2005). Mas não foi o fim. A estação ainda está de pé em 2015, servindo como estação rodoviária.
(Fontes: Arysbure B. Eleuterio; Lourenço Paz; Jeanne Albuquerque; IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, volume VI, 1958; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-70)
     

A estação de Caravelas, sem data. Acervo Fabio Said. Foto original: acervo família Medeiros

A estação, em 2006. Foto Jeanne Albuquerque
 
     
Atualização: 05.07.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.